Clippers sofre atropelo histórico para o Dallas Mavericks de Luka Doncíc

Clippers passa papelão, Dallas segue adiante com moral alta

Cainã Lima
Colaborador do Torcedores

Dallas e Clippers vinham de retrospectos diferentes. Sem sombra de dúvidas, o começo de temporada da equipe angelina empolgou, visto que venceu dois adversários diretos: Lakers e Nuggets. Entretanto, não apenas isto, visto que a equipe aparentava ter conseguido implementar com sucesso uma triangulação ofensiva bastante promissora. Mas o retrospecto não era favorável para Dallas, que vinha de duas derrotas: Suns e Lakers. Sem Porzingis, a tarefa aparentava ser ainda mais difícil para a equipe do Texas.

Mas em 72 jogos, não é sempre que a razão prevalece.

OS NÚMEROS DA DERROTA HISTÓRICA

Em 24 minutos, Kawhi Leonard e companhia acertaram apenas 8 arremessos de 25 tentados. Resultado? 77 a 27 no halftime para Dallas. Desde a implementação do relógio de 24 segundos, na década de 50, não houve tamanha disparidade no intervalo. O Mavericks conseguiu 36 e 41 pontos no primeiro e segundo período, respectivamente. Em bolas de três, o Clippers acertou apenas 4 de 33 tentadas, terminando a partida com 34.2% de aproveitamento geral, porém, a equipe tomou 48 pontos no garrafão, contra 36, e sofreu 28 pontos em contra-ataque, versus apenas 3. Sob o comando de Rick Carlisle, o Mavs também dominou os rebotes, coletando 58 contra 42. Por fim, a equipe do Texas venceu o Los Angeles Clippers por 124 a 73.

Doncíc, Josh Richardson e Tim Hardway Jr foram os principais responsáveis pelo atropelo na primeira metade.

Enquanto Dallas segue de cabeça erguida para enfrentar o Charlotte Hornets, às 00:30 do dia 30, o Clippers precisará juntar os cacos para o embate contra o Minnesota Timberwolves, às 00:00 do mesmo dia.

Estatísticas:

Dallas Mavericks (1-2):

Luka Doncíc (PG): 24 pontos, 9 rebotes e 8 assistências

Josh Richardson (SG): 21 pontos e 4 bolas de três.

Tim Hardway Jr (SF): 18 pontos, 5 rebotes e 4 bolas de três.

Los Angeles Clippers (2-1):

Paul George (SG): 15 pontos e 4 assistências

Ibaka (C): 13 pontos e 9 rebotes

 

LEIA MAIS:

KARL ANTHONY-TOWNS SE EMOCIONA EM VITÓRIA NA ESTRÉIA DA NBA, PRIMEIRO JOGO APÓS PERDER A MÃE

LEBRON JAMES CUTUCA JOGADORES DO CLIPPERS POR ELIMINAÇÃO NOS PLAYOFFS DA TEMPORADA 19/20