Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cody Garbrandt desafia Deiveson Figueiredo para luta em março

Americano deveria ter lutado contra brasileiro, mas lesão o tirou de combate pelo cinturão dos moscas

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Instagram Oficial Cody Garbrandt

Deiveson Figueiredo lutará no próximo dia 12 contra Brandon Moreno para fazer sua segunda defesa do cinturão dos moscas do UFC. Caso vença o desafio, o brasileiro poderá encarar um rival com quem quase batalhou, mas a Covid-19 impediu a luta, Cody Garbrandt.

O americano deveria ter encarado em novembro o ‘Deus da Guerra’, mas uma veia rompida no braço, que pode ter sido consequência do coronavírus, acabou cancelando a luta. Ainda se recuperando da doença, ‘No Love’ deu entrevista à ESPN americana e afirmou que deseja encarar o brasileiro em março de 2021.

“Acho que o Deiveson esmaga todo mundo na divisão, menos eu. Esses caras param na frente dele e é aí que ele solta os golpes dele. Eu me movimento muito, sou muito rápido, entro e saio o tempo todo. Esses lutadores não sabem lutar no contragolpe, dar pressão é tudo o que eles sabem. Irei fazer uma estratégia igual a de quando venci o Dominick Cruz”, declarou Garbrandt,

“Acho que ele vai atropelar aquele garoto (Moreno). Ele é só mais um cordeiro indo para o matadouro. Por mim tudo bem, deixe ele ter o ‘hype’ crescendo, que pensem que ele é ‘o cara’. Não irei recuar, estou animado para esta luta.

LEIA MAIS

Wanderlei Silva relembra nocaute no vestiário antes de vitória no Pride

Charles do Bronx pleiteia ‘title shot’ se vencer Tony Ferguson

(Crédito da foto: Reprodução/Instagram Oficial Cody Garbrandt)