Pogba relata como coronavírus afeta o jogador de futebol: “Fico sem fôlego muito rápido”

Astro francês do Manchester United se recuperou da Covid-19 e voltou recentemente aos jogos, mas não vem fazendo bons jogos

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Divulgação/Manchester United

Campeão do mundo em 2018, o meia Paul Pogba relatou como o coronavírus afeta o desempenho de um jogador de futebol profissional. O jogador francês de 27 anos testou positivo para a Covid-19 em agosto, mas ressaltou que o vírus segue dificultando as atuações dentro de campo.

“Não era eu, me sentia estranho, me esgotava muito rápido e estava sem fôlego. Não podia correr, eu tentava, mas não conseguia. Levei muito tempo para estar em forma competitiva. Estou encontrando meu ritmo, Me sinto muito melhor, sinto que consigo controlar o jogo, manter a bola”, afirmou Pogba à TV do Manchester United.

“Até mesmo no treino, eu diria ao preparador físico que me sentia estranho. Não era eu. Eu me cansava e ficava sem fôlego muito rápido. No primeiro jogo da temporada, eu não pude correr. Eu estava tentando. Falei com o treinador: ‘Vou começar o jogo, vamos ver’. Mas estava muito sem fôlego e demorei muito a voltar à minha forma física”, completou.

O craque do Manchester United marcou o segundo gol da equipe de Solskjaer na vitória de virada contra o West Ham United no último sábado (5). Até aqui na temporada, foram 13 atuações, sendo apenas seis como titular. O último duelo foi apenas o terceiro em que terminou em campo nos 90 minutos.

LEIA MAIS:

Messi, Pogba e mais: 20 estrelas que estão em seu último ano de contrato

Pogba no United: relembre os melhores lances do jogador na Inglaterra