Transferências internacionais renderam mais de R$ 2,6 bilhões a intermediários em 2020, diz Fifa

Fifa divulgou relatório sobre atuação de agentes de futebol nas transferências de jogadores neste ano

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Divulgação

A Fifa, entidade que comando o futebol mundial, divulgou nesta terça-feira (1º) o relatório de Intermediários em Transferências Internacionais da FIFA 2020, que mostra o envolvimento dos agentes e empresários de jogadores em negociações internacionais entre clubes.

De acordo com a entidade, os intermediários tiveram participação em 3.346 transações (20,4%) do total, representando um clube ou jogador nas negociações.

Nestas negociações, os empresários embolsaram nada menos do que US$ 496,2 milhões (mais de R$ 2,6 milhões na cotação atual) – o valor corresponde a 10% dos valores totais envolvidos nas transferências.

Os clubes de Inglaterra, Espanha, Itália, Alemanha, França e Portugal foram responsáveis por 79,9% dessa soma mundial.

Os dados são extraídos do Sistema de Correspondência de Transferências Internacionais (ITMS) da Fifa, que é usado por todas as 211 associações membros da entidade e todos os clubes de futebol profissional em todo o mundo para transferências internacionais de jogadores de futebol profissional.

LEIA MAIS:

DAZN abre mão de transmitir mais um campeonato e confirma desmonte