Alex Smith ainda não decidiu se vai se vai seguir jogando na NFL

Após voltar a jogar depois de lesão gravíssima, Alex Smith, quarterback do Washington Football Team, ainda não decidiu se vai se aposentar

Érica Barros
Colaborador do Torcedores

Após um retorno triunfal e inesperado aos campos, Alex Smith não decidiu se vai seguir jogando na NFL. O quarterback de 36 anos, que voltou a jogar em uma partida de futebol americano 693 dias após sofrer uma fratura exposta de tíbia e fíbula na perna direita, ainda está ponderando seu retorno para a próxima temporada.

Ele disse que irá tirar algumas semanas para pensar sobre e conversar com sua esposa, Liz Smith. O quarterback de Washington comentou em entrevista que ela “passou por muitas coisas, minha família também passou por muito, mas essa conversa é para outro momento”.

“Eu me diverti tanto neste ano, estar de volta no vestiário e no campo para jogar o jogo que eu amo e se deixar levar nele é um dos melhores sentimentos do mundo,” disse Smith. O Washington Football Team não pode contar com ele no jogo de playoff contra o Tampa Bay Buccaneers, sábado (9), por conta de uma lesão. “Não é o jeito que você quer terminar a temporada,” disse Alex Smith, que completou falando que apenas de estar nesta situação, de puder ter jogado, era grato.

Ele ficou de fora por uma lesão na panturrilha da perna direita, uma lesão que ele reiterou não ter nada a ver com àquela que o tirou dos gramados por mais de ano. Adam Schefter, insider da ESPN, disse que não era uma questão de tolerância à dor e sim de funcionalidade dentro do campo.

O lado de Washington

Quando questionado sobre Alex Smith, o head coach Ron Rivera tem apenas elogios, chamando-o de um dos jogadores mais altruístas que já teve, “há algo intangível que alguns caras possuem e Alex tem isso”. Cortar Smith para a próxima temporada é mais proveitoso para Washington que mantê-lo, caso não queiram deixá-lo como QB1 – pela primeira vez em seu contrato de cinco anos com a franquia, o cap hit excede o valor de dead cap e o time economizaria US$13M se liberasse o quarterback.

Ron Rivera disse que a decisão sobre a posição é a prioridade da offseason. Quando questionado se toda essa questão especial de Alex Smith, sobre ser um líder, complicaria a definição se o time manteria ele ou não, o HC disse que ainda não sabia e que é algo importante de se observar.

Comeback Player of the Year

Alex Smith jogou oito jogos em 2020, venceu cinco e perdeu três – sendo dois desses jogos que ele não iniciou como titular. Ele não teve números de encher os olhos, com 168 passes para 1.582 jardas, seis touchdowns e oito interceptações. Mas, isso não importa: ele é o principal candidato a Comeback Player of the Year, prêmio dado para o jogador que superou adversidades dentro e/ou fora do campo e retornou. 

A frustração de ter ficado de fora do jogo mais importante do ano foi grande, porém após conseguir levar o time aos playoffs ele disse que “era mais sobre a tentativa e jornada do que a conclusão. Se eu não tivesse conseguido retornar, eu dormiria tranquilamente a noite sabendo que tentei. Eu sou grato que estou aqui agora”. 

LEIA MAIS

Fixador da perna de Alex Smith vira troféu parecido com Vince Lombardi

Washington Football Team dispensa Dwayne Haskins