Após derrota para o Santos, comentarista pede mais chances para Hernanes e Gonzalo Carneiro no São Paulo

Para comentarista do SporTV, Profeta e uruguaio merecem mais chances entre os titulares do São Paulo; Arnaldo Ribeiro falou em live com Eduardo Tironi

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

A atuação do São Paulo no SanSão 313 foi muito criticada por muitos. A derrota por 1×0 para o time misto do Santos, em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020, no último domingo (10), viu nomes serem pedidos por torcedores e jornalistas. Arnaldo Ribeiro, comentarista do SporTV, foi um deles.

Em live no canal Arnaldo e Tironi, mantido por ele e pelo também jornalista Eduardo Tironi, ele defendeu a titularidade de um ídolo tricolor. “O pontapé inicial do jogo de hoje tinha que ser uma cabeçada no chão. Se os caras não entendem o que é isso, não presta ninguém. E isso tem muito a ver com o principal jogador e o treinador do time: Daniel Alves e o Fernando Diniz. Eles não entendem o que é o São Paulo e precisam entender. Um cara que entende, e que é uma sacanagem entrar aos 35 do segundo tempo completamente perdido, é o Hernanes“, destacou Arnaldo Ribeiro.

Arnaldo Ribeiro aproveitou para defender recentes atuações do Profeta. “O Hernanes tinha que começar jogando essa partida contra o Santos. Simbolicamente. Ele é o único ser que entende o São Paulo. E ele não começa uma partida há anos. Dane-se no lugar de quem. Se não deu certo, coloca no intervalo. Mas, não. Nas outras vezes que ele entrou, ele até entrou razoavelmente”, finalizou o comentarista.

Carneiro

Outro que ganhou elogios foi Gonzalo Carneiro, centroavante reserva do Tricolor. “Acho que as duas atuações do Carneiro, nessas duas horripilantes do São Paulo, mostram qual é a atitude de um jogador quando as coisas não estão dando certo. Deveria ser um exemplo para todos. Foi escanteado, é a última opção. Tem limites técnicos claros. Só que é curioso partir dele o inconformismo com o resultado. Não tá no treinador, no jogador mais experiente, no capitão, no goleiro… tá no Carneiro. É um tapa na cara dessa galera. O torcedor do SPFC quer esforço, só isso”, finalizou Arnaldo Ribeiro.

LEIA MAIS
Rogério Ceni surpreende: “Fiz o mesmo trabalho no Fortaleza e no São Paulo”
Bruno Alves celebra boa fase no São Paulo: “Melhor ano da carreira”
No Twitter, São Paulo comemora 25 anos do bicampeonato Mundial de Clubes