Arrascaeta cita grande perda do Flamengo e opina sobre protestos

À rádio uruguaia, Arrascata abordou o cenário difícil que atravessa o Flamengo

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgacao/Flamengo

Sem vencer há três jogos no Brasileirão, o Flamengo vê o título cada vez mais distante. Com más atuações, principalmente na derrota por 2 a 0 frente o Ceará, no último domingo, o torcedor rubro-negro elevou o nível de cobranças e protestou na porta do Ninho do Urubu contra a direção, atletas e comissão técnica.

Um dos principais jogadores do elenco, Arrascaeta falou sobre o momento ruim vivido pela equipe. O meia da seleção celeste recordou também as duras eliminações do Flamengo nas Copas.

“Começamos bem o ano mas fomos caindo. Ficamos de fora da Libertadores, da Copa do Brasil e perdemos várias partidas do Brasileirão. O clima não tem sido dos melhores”, declarou em entrevista para a rádio ‘Sport 890’, do Uruguai.

Flamengo

Sobre as críticas da torcida, Arrascaeta entende ser algo que faz parte da cultura brasileira. “Aqui no Brasil é normal. Quando as equipes estão perdendo campeonatos ou sem resultados, os torcedores protestam. Os jogadores precisam saber lidar com isso. Temos que ganhar para tranquilizar tudo”, avaliou.

Por fim, o uruguaio admitiu que a saída de Jorge Jesus causou danos ao grupo. “Foi uma perda muito grande. Nós sentimos (o impacto) muito”, concluiu.