Joanna Jedrzejczyk explica razões para ainda não ter voltado a lutar no UFC

Polonesa lutou pela última vez no épico combate com Weili Zhang no UFC 248

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC

Joanna Jedrzejczyk não luta pelo UFC desde março passado, quando foi derrotada por Weili Zhang na disputa pelo cinturão peso-palha da organização. E, por enquanto, a polonesa ex-campeã da divisão ficará longe dos octógonos.

Em entrevista ao SCMP MMA, Joanna afirmou que não pensa em voltar a lutar tão cedo. Principalmente se o Ultimate não conseguir trazer para o futuro próximo os fãs para as arenas.

“Não há esporte sem fãs. Vocês sabem como eu gosto de interagir com as pessoas. Eu gosto de ter uma motivação extra, como se fosse uma energia a mais. Talvez eu possa voltar a lutar, mas não sem fãs. Eu prefiro esperar e espero que tudo isso acabe logo”, disse a lutadora.

Mas não apenas as arenas vazias afastam a ex-campeã dos palhas de voltar. Joanna Jedrezczyk também indicou que outros dois fatores podem ser preponderantes para lutar em 2021: a chance de voltar a lutar pelo cinturão e uma boa proposta financeira.

“Não quero parecer louca, mas isto aqui é um negócio. Tem que ter uma proposta boa. Dei um show na última luta, éramos o co-main e senti que Weili e eu éramos a luta principal. Demos um show e eu mereço receber mais. Mereço uma boa proposta. Não quero ficar reclamando como todos os outros, mas eu sou uma estrela da empresa. Irei resolver isso na conversa, como sempre fiz”, explicou a polonesa.

“Amo o UFC, mas sinto que as pessoas me amam, com ou sem o cinturão. Vivem dizendo que me aposentei, mas não. Estou tendo um tempo para mim, eu lutava duas a três vezes por ano e agora preciso cuidar do meu corpo e da minha mente. São boas as chances de que eu lute em 2021, mas se não, eu posso esperar. Quero lutar, mas tem que ser a coisa certa”, completou.

LEIA MAIS

Charles do Bronx não lutará por cinturão na próxima luta, diz Dana White

Lutador do UFC, Mike Perry anuncia nascimento de filho

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial UFC)