Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Jogadores se unem a projeto, doam cilindros e R$100 mil a Manaus

Richarlison puxou a fila de doações

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Divulgação/CBF

O jogador Richalison, do Everton, puxou a fila de doações a Manaus com 10 cilindros e dinheiro, além de engajar nas redes sociais por apoio à capital amazonense após a saúde publica local entrar em colapso pelo surto de casos de Covid-19, o que lotou as UTIs e encerrou os cilindros de oxigênio.

Que gesto! Richarlison doa 10 cilindros de oxigênio para hospitais de Manaus

Porém, além de Richalison, outros jogadores entraram nas doações e ajudaram Manaus com cilindros de oxigênio e uma doação que chegou ao valor de R$100 mil, segundo publicou o Globoesporte.com nesta segunda (18).

O projeto “Salaada Solidário” contou com o apoio do ex-jogador Kaká e dos atletas Fabinho, do Liverpool, e Thiago Galhardo, do Internacional, ambos com convocações recentes para a Seleção Brasileira. Além deles, Richarlison também apoiou o projeto e o meia Diego, do Flamengo, também fez doações. O atleta rubro-negro, inclusive, doou por conta própria outros dez cilindros para a capital amazonense.

“Richarlison mandou para a gente a primeira mensagem, ele mesmo que entrou em contato querendo saber sobre a situação, o que ele poderia fazer para ajudar”, disse Thiago Gonçalves, responsável pelo projeto, ao Globoesporte.

“Ele fez a doação, compartilhou com os amigos, com certeza teve mais gente por trás dele envolvida, através dele também. Não só ele como outros jogadores entraram em contato. É aquela história: “o Brasil está abraçando, o Brasil e o mundo abraçando o nosso pulmão né, praticamente.”