Libertadores: Santos define quanto pagará de “bicho” ao elenco em caso de título

Além do ‘bicho’, a premiação da Libertadores também será utilizada para o pagamento de dívidas internas e externas

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Ivan Storti/Santos FC

O Santos vive o sonho de buscar a conquista do tetracampeonato da Copa Libertadores, e para isso, conta com um incentivo extra aos jogadores para a decisão contra o Palmeiras, neste sábado (30), em final única que será disputada no Maracanã – segundo o site UOL Esporte, a diretoria do Peixe já definiu o ‘bicho’, premiação destinada a jogadores, estafe e comissão técnica, em caso de título.

De acordo com a publicação, o elenco do Santos irá dividirá até R$ 15 milhões se forem campeões. O valor faz parte dos 15 milhões de dólares (cerca de R$ 81 milhões, na cotação atual) que o clube vencedor receberá da Conmebol pela taça. Resta agora os ajustes finais do acordo entre a diretoria e os lideres da equipe.

Vale destacar que, além do ‘bicho’, a premiação da Conmebol em caso de título da Libertadores também será utilizada para acertar pendências como os 3,5 milhões de dólares que o clube deve ao Huachipato -CHI pela contratação de Soteldo, ainda em 2019, além de outras dívidas internas.

Seu time maltrata seu coração? 

Deixa que o Clude cuida dele para você!

Se for campeão, o Santos irá conquistar quarto título a Libertadores e se isolar como clube brasileiro com mais troféus da competição, deixando Grêmio e São Paulo para trás, com três cada. O Palmeiras, por sua vez, busca o bicampeonato – o único título Alviverde foi conquistado em 1999, e se perder para o Peixe, será o time do Brasil com mais vices na história, podendo chegar a quatro.

Final com ‘chuva de gols’ pode colocar brasileiro na artilharia da Libertadores

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes