Mercado da bola: Paysandu oficializa saída de mais nove jogadores; saiba quais

Time bicolor acumula 13 jogadores dispensados após participação na Série C

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 27 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Jorge Luiz/Paysandu

Poucos dias após ganhar do Galvez por 4 a 1 e garantir vaga na fase quartas de final da Copa Verde, o Paysandu oficializou que está com o elenco mais curto para o restante da competição regional. Neste sábado (30), o clube alviceleste informou a saída de nove atletas.

São eles, os atacantes Mateus Anderson, Uilliam Barros e Vitor Feijão, os zagueiros Carlão, Micael e Wesley Matos, o meio-campista Serginho, o lateral-direito Tony, além do goleiro André Grandi que não disputou uma partida oficial em cinco meses e meio de passagem.

Com isso, o clube paraense agora totaliza 13 jogadores dispensados após ter participado do Brasileirão Série C. Anteriormente, o Paysandu rescindiu o contrato dos meios-campistas Wellington Reis, Juninho e Alex Maranhão, além do centroavante Jefinho.

Leitor torcedor cuida da saúde pagando pouco!

A tendência é de que o Paysandu, nos próximos compromissos, utilize mais jogadores formados nas categorias de base. Os jogos serão contra o Manaus, nos dias 3 e 7 fevereiro.

“Eles vão ter a chance de entrar nas partidas, tem o restante da competição aí. Eles vão ser muito úteis sim, vamos precisar muito do pessoal da base, até porque eles disputaram o Brasileirão sub-23”, declarou o treinador interino Aylton Costa.

Leia a nota do Paysandu seguir:

O Paysandu Sport Club informa que os contratos dos atletas André Grandi, Carlão, Mateus Anderson, Micael, Serginho, Tony, Uilliam Barros, Vitor Feijão e Wesley Matos não serão renovados. A instituição agradece a todos pelos seus serviços prestados.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Em relação aos demais jogadores que têm vínculo em vigência até o próximo dia 31 de janeiro, a Diretoria de Futebol avalia cada caso. Qualquer decisão será informada oficialmente nos canais de comunicação do clube