Philip Rivers anuncia aposentadoria da NFL

O quarterback Philip Rivers anuncia aposentadoria após 17 temporadas na NFL, sendo 16 pelo San Diego/Los Angeles Chargers e uma pelo Indianapolis Colts

Érica Barros
Colaborador do Torcedores

Crédito: Christopher Hanewinckel-USA TODAY Sports

O quarterback Philip Rivers se aposentou após 17 temporadas na NFL, sendo 16 delas pelo San Diego/Los Angeles Chargers e uma pelo Indianapolis Colts. A notícia foi dada pelo jornalista da San Diego Tribune, Kevin Acee.

“Este foi o primeiro ano que eu senti que o fim era real,” Rivers disse em entrevista terça-feira (19). Ele disse que pensou sobre sua aposentadoria em outros anos, mas sempre sabia que não iria parar. “Este ano foi diferente… apenas pareceu certo,” disse. O, agora, ex-jogador estava visivelmente emocionado em sua entrevista após a derrota para o Buffalo Bills, na rodada de Wild Card da temporada 2020.

Em seu futuro, Rivers seguirá envolvido com futebol americano mas de outro jeito. Ele será o head coach na St. Michael Catholic High School, em Alabama, seu estado natal. O ex-jogador disse que isso ajudou em sua decisão pela aposentadoria, “isso é o que eu sempre quis fazer,” completou. “Está na hora,” disse ele, “apenas é certo”. 

Em comunicado para a ESPN, Rivers agradeceu todo o apoio que teve das duas franquias que jogou, técnicos, staff, torcedores, árbitros, adversários, esposa e filhos. Ele ainda lembrou que hoje (20), dia do anuncio oficial de sua aposentadoria é o dia de São Sebastião, padroeiro dos atletas, e aniversário da final de conferência da temporada de 2007 quando jogou com o ligamento cruzado anterior rompido.

Carreira de Philip Rivers

Philip Rivers jogou 17 temporadas na NFL, sendo 16 pelo San Diego/Los Angeles Chargers e uma pelo Indianapolis Colts, em sua última temporada. Quarta escolha geral do Draft de 2004 pelo New York Giants, ele teve um início não-convencional na NFL – seu nome estava envolvido em uma troca com os Chargers, já que Eli Manning (escolha número um do ano) já havia afirmado que não assinaria com o time da Califórnia. Rivers passou seus dois primeiros anos na liga na reserva de Drew Brees e ganhou a titularidade após o time não renovar com Brees, por conta de uma grave lesão no ombro.

Em 17 temporadas, Rivers nunca perdeu um jogo como titular. Ele teve 252 jogos seguidos, inclusive jogando com o ligamento cruzado anterior rompido em janeiro de 2008, na final da Conferência Americana contra o New England Patriots. Ele tinha a sequência ativa mais longa da NFL e, na história, é o segundo nesse quesito atrás apenas de Brett Favre com 297. 

Philip Rivers termina sua carreira com 134 vitórias e 106 derrotas, 5.277 passes completos em 8.134 tentativas (64,9% de aproveitamento), 424 touchdowns (5º na história), 209 interceptações e oito idas ao Pro Bowl. Durante a temporada de 2020, o quarterback ultrapassou Dan Marino na lista de mais jardas na carreira, com 63.440 em 5º lugar. Ele foi sete vezes para os playoffs e nunca chegou no Super Bowl.