Candidato a ‘Rei da América’, Rony pode superar desempenho de Neymar na Libertadores de 2011

Rony é uma das principais apostas do Palmeiras para a final contra o Santos. O atacante é artilheiro da equipe na competição, com cinco gols

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Conmebol

Uma das contratações mais caras da história do Palmeiras, Rony precisou de tempo para se adaptar ao clube e, enfim, começar a dar resultados positivos. E quando começou a se destacar, o camisa 11 se tornou peça fundamental na equipe, principalmente, na disputa da Copa Libertadores – o que o credenciou a disputar o prêmio de ‘Rei da América’ da temporada de 2020.

Os números de Rony na Libertadores são tão bons que o atacante do Palmeiras já tem um desempenho semelhante ao de Neymar pelo Santos na conquista do tricampeonato do Peixe em 2011. Naquela temporada, o ‘Menino da Vila’ foi eleito como ‘Rei da América’.

Na atual edição da competição, Rony soma 10 jogos, cinco gols e sete assistências – foram, até o momento, 763 minutos em campo. Para efeito de comparação, na temporada toda, o camisa 11 acumula 44 jogos disputados e 10 gols marcados.

Em 2011, quando conduziu o Santos ao título, Neymar disputou 13 jogos, sendo 1.133 minutos, com seis gols e três assistências. O atacante palmeirense ainda demonstra ser bem mais disciplinado, isso porque recebeu apenas um cartão amarelo, contra cinco amarelos e uma expulsão do ídolo do Peixe. Os dados são do site Transfermarkt.

A Conmebol já anunciou que Rony é um dos finalistas que concorrem ao prêmio de melhor jogador da Libertadores 2020. O atacante do Palmeiras disputa com o companheiro Weverton e os rivais Soteldo e Marinho. Se ganhar, o camisa 11 irá ‘igualar’ Neymar, que foi eleito como o melhor jogador da competição na temporada de 2011.

Final com ‘chuva de gols’ pode colocar brasileiro na artilharia da Libertadores; Rony, L. Adriano e Kaio Jorge estão na disputam

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes