Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

São Paulo: MP pede que Independente seja banida dos estádios por 5 anos após atentado a ônibus

Torcida Organizada foi responsável pelo atentado ao ônibus do clube, segundo o Ministério Público

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Twitter/Reprodução

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP), por meio do promotor Roberto Bacal, pediu o banimento da Torcida Organizada Independente, a maior organizada do São Paulo Futebol Clube, por cinco anos de qualquer local em que o clube estiver presente de maneira oficial, seja em jogos ou outros eventos. Isso porque, segundo o MP, a Independente foi a responsável pelo atentado ao ônibus do clube no último sábado (23), antes do confronto com o Coritiba, no Morumbi. A informação foi publicada inicialmente pelo Blog do Perrone, do UOL.

Foram presas 14 pessoas após o ataque ao ônibus do clube, que sofreu com pedradas e pauladas a caminho do estádio do Morumbi, além de explosivos deixados no caminho. Segundo a perícia, as bombas estariam prestes a explodir, mas foram desarmadas a tempo.

Ainda segundo o blog, o MP pediu quebra do sigilo telefônico de membros da alta cúpula do São Paulo que foram acusados de ajudarem na formulação da emboscada ao ônibus. Quem fez o pedido inicialmente foi a Polícia Civil, prontamente atendida pelo MP.

“Requeiro desde já, dada a gravidade das condutas e possibilidade de outros desdobramentos ainda piores, dada a insatisfação da Torcida Independente com os rumos de seu time, que seja a Torcida Independente impedida de comparecer aos estádios, centros de treinamento e qualquer outro local onde estiverem treinando ou se hospedando seus jogadores pelo prazo de cinco anos”, publicou o promotor do MP.

O blog ainda publicou que telefones celulares de integrantes da Independente que estavam no Morumbi no momento do atentado foram apreendidos pela Polícia Civil. A organizada nega veementemente qualquer participação no atentado ao ônibus que levava os jogadores do São Paulo.

O São Paulo é o vice-líder do Brasileirão com 58 pontos, mas ainda não venceu nenhum jogo em 2021.

As melhores notícias de esportes, direto para você