Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Sampaoli diz que Atlético-MG não mudará estilo de jogo: “Foi sempre assim na minha carreira como treinador”

Técnico do Atlético-MG também afirmou que sua equipe está “pagando caro” pela falta de experiência

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Pedro Souza/ Atlético-MG

No sábado (13), o Atlético-MG enfrentou o Bahia no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, em duelo válido pela 36ª e antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro que terminou empatado em 1 x 1.

Os donos da casa largaram na frente com gol do atacante Eduardo Sasha na etapa inicial, mas o Tricolor baiano buscou a igualdade logo no início do segundo tempo, em bonito gol assinalado pelo também atacante Rossi.

O confronto reuniu o pior visitante da competição diante do melhor mandante e o resultado foi ruim para o Atlético-MG, que se manteve na terceira posição da tabela somando 62 pontos, quatro abaixo do líder Internacional.

Uma vitória do time gaúcho neste domingo (14) sobre o Vasco elimina matematicamente qualquer chance de título do Galo, já que restariam somente duas rodadas para o encerramento da competição.

Há três partidas sem vencer, o técnico argentino Jorge Sampaoli disse após a partida que não mudará o estilo de jogo de sua equipe, uma espécie de “marca registrada” do treinador em todos os clubes que trabalhou na carreira.

“Alternativas e variantes de jogo, nós buscamos. A forma, o estilo, a ideia, não mudaria meu jeito de atacar e ficar o tempo todo no campo de rival. Foi sempre assim na minha carreira como treinador”, declarou o comandante do Atlético-MG.

O Atlético-MG empatou em casa com o Bahia e ficou mais longe da conquista do título do Brasileirão (Foto: Pedro Souza/ Atlético)

O Atlético-MG empatou em casa com o Bahia e ficou mais longe da conquista do título do Brasileirão (Foto: Pedro Souza/ Atlético)

“Sempre busco variantes ofensivas para ser melhor que o rival. Se eu ficar no campo rival, tenho mais chances de ganhar. Está nos custando caro que essa superioridade em jogo se transforme em resultado”, completou Sampaoli.

O Bahia criou várias oportunidades de gol e acertou duas bolas na trave. No entanto, o treinador argentino entende que a falta de experiência atrapalhou sua equipe na reta final do Brasileirão.

“Os adversários jogam diferente. O nível de contundência é diferente agora. Estamos bastante ansiosos. Essa ansiedade nos gera imprecisão. Estamos pagando caro pela falta de experiência que o time não alcançou, não teve tempo para alcançar na reta final da temporada. Temos que corrigir rápido”, explicou Jorge Sampaoli.

O Atlético-MG volta a campo no próximo domingo (21) diante do Sport, na Ilha do Retiro, em Recife, e depois recebe o Palmeiras no estádio do Mineirão na quinta-feira dia 25 de fevereiro, pela rodada final do Brasileirão.

LEIA MAIS

“Tem que valorizar muito esse ponto”, diz Rossi sobre empate do Bahia com o Atlético-MG

Sormani detona Sampaoli após coletiva: “É um grande sacana”