Casagrande recebe apoio de Galvão após ser atacado e diz: “Eu não sofro mais com isso”

Comentarista ressaltou que sempre que vão criticá-lo usa o vício em drogas para ferir. Casagrande ainda valorizou o apoio de Neto

Rafael Brayan
Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: SporTV/Reprodução

Nesta segunda-feira (22), o comentarista Casagrande usou o seu espaço no programa “Bem, Amigos!” para comentar críticas que vem sofrendo nas redes sociais. De acordo com o ex-atacante da seleção brasileira, as pessoas sempre ressaltam seu vício em drogas como arma para atacar o profissional da Globo.

Leia mais: Neto diz que Casagrande é “exemplo” e ataca Ana Paula, do vôlei: “Lave a boca para falar dele”

“Desculpe mudar o assunto, mas é uma coisa que é importante para mim. Sempre que acontece alguma polêmica que eu estou envolvido, os ataques que eu recebo nas redes sociais são sempre os mesmos preconceituosos, “passado”, “drogado”, “viciado”, “já cheirou hoje”. É o tempo todo. Só que eu não sofro mais com isso”, afirmou Casagrande.

Seu time maltrata seu coração? 

Deixa que o Clude cuida dele para você!

“Há dois anos, eu estaria arrasado com o que fizeram comigo ontem e hoje, só que eu fiz terapia para me preparar para não sofrer com preconceito e perversidade. Essas pessoas são perversas. Não é no meu caso, é no caso de um negro, de um nordestino. Sempre que você vai numa diferença do cara, ou numa deficiência da pessoa, é perversidade pura das pessoas, é perversidade pura das pessoas, e isso acontece muito”, disse o comentarista.

Na sequência, o narrador Galvão Bueno defendeu o companheiro. “Casa, as redes sociais, às vezes, são excessivamente maldosas, são pessoas que não tem nenhum respeito por ninguém, e vão na ferida. É muito bom você dizer isso”, disse.

“Para essas pessoas, eu diria o seguinte: Procurem ver o depoimento do Casa no encerramento da nossa transmissão na Copa do Mundo da Rússia, como ele se emocionou. A luta do Casagrande é muito grande. Casa, um beijo do tamanho do mundo para você. É tão bom ouvir você dizer que não está sofrendo mais com isso, e que essas pessoas procurem outra coisa para fazer da vida”, concluiu.

Casão agradece apoio de Neto após briga com ex-atleta do vôlei

Depois da briga envolvendo Ana Paula Henkel, ex-atleta do vôlei, Casagrande foi defendido pelo apresentador e ex-jogador Neto, durante o programa “Os Donos da Bola” desta segunda. Na sequência, Casão agradeceu o apoio do amigo. “Eu quero mandar um beijo para o Neto, que comprou uma briga que não era dele. Muito obrigado, Neto”.

Leitor torcedor cuida da saúde pagando pouco!

“O que eu quero dizer é o seguinte: eu não sofro mais com isso. Eu estou muito bem e vivo em paz com isso. Eu trabalhei isso. É a primeira vez que eu estou falando que eu não sofro mais com isso. Nas últimas vezes, eu ainda sofria”, concluiu Casagrande.

Entenda a briga entre Casagrande e Ana Paula Henkel

Ana Paula ganhou notoriedade recentemente por apoiar algumas decisões do presidente Jair Bolsonaro. Do outro lado, Casagrande sempre foi oposição e discordava das opinião da ex-jogadora do Vôlei. Nesta semana, em publicação no seu blog na Globo, o ex-jogador afirmou que ela era “defensora dos violentos, dos antidemocráticos, das armas e de tudo que é ruim em nossa sociedade”.

Nas rede sociais, Ana Paula se defendeu das críticas, pediu para ser esquecida e deu a entender que o ex-Corinthians precisava se cuidar. Vale lembrar que Casagrande teve problemas com drogas durante a carreira e segue em tratamento.

“Prezado Casagrande, olhe para a sua vida e para um espelho. Eu sou o menor dos seus problemas, acredite. Tente me esquecer”, iniciou Ana Paula em sua rede social. “Arrume o seu quarto primeiro, que há muitos anos está uma verdadeira bagunça, antes de querer ‘consertar’ o mundo”.