Cruzeiro e Fred buscam embargos de decisão sobre multa ao Atlético

Atacante e Raposa tentam na Justiça rever sentença que obriga Fred a pagar Galo por saída

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Lucas Merçon/Site Oficial do Fluminense

O ‘caso Fred’ ainda deve seguir por mais algum tempo na Justiça. De acordo com o Globoesporte.com, o atacante e o Cruzeiro entram com ‘embargos’ contra a decisão do Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA) que obrigam o jogador, hoje no Fluminense, de pagar a multa prevista na rescisão de seu contrato com o Atlético-MG.

Na decisão do CBMA, o atacante teria que pagar num prazo de dez dias os valores pedidos pelo Galo por ter assinado com o Cruzeiro logo depois de ter deixado o Alvinegro. A decisão do Centro saiu há dez dias, mas acabou suspensa.

Os ‘embargos’ impetrados serviriam para ‘corrigir qualquer erro material ou esclarece alguma obscuridade ou contradição da sentença arbitral’. Algo que não mudaria a sentença em si, mas poderia alterar coisas como os valores que os atleticanos cobram de Fred.

Na sentença, cuja decisão favorável ao Galo também foi dada pela CNRD (Câmara Nacional de Resolução de Disputas), o Cruzeiro também aparece como parte interessa. Isto pelo motivo de que seria a Raposa a arcar com o pagamento da multa de Fred se a decisão fosse favorável ao Atlético. No caso, o acerto aconteceu não com a atual diretoria do clube celeste.

O Tribunal do CBMA terá 30 dias para analisar o caso, este prazo atualmente correndo. O valor original da multa ser a de R$ 10 milhões, mas nas correções feitas por dirigentes do Galo, o valor já chega a R$ 18 milhões.

LEIA MAIS

Atlético-MG estuda contratação de destaque do Inter e mais um zagueiro

Cruzeiro tenta nova ação para suspender punição da CNRD

(Crédito da foto: Lucas Merçon/Site Oficial do Fluminense)