Justin Herbert é eleito o calouro do ano em votação no site da NFL

Quarterback do Los Angeles Chargers, Justin Herbert foi escolhido como o calouro da temporada 2020 da NFL por voto popular 

Érica Barros
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/NFL

Justin Herbert, quarterback do Los Angeles Chargers, foi escolhido como calouro do ano em premiação que leva o nome de Pepsi Zero Sugar NFL Rookie of the Year. Sexta escolha geral do draft de 2020 da NFL, Herbert teve um ano de quebra de recordes pelo time da Califórnia. 

Ele disputou o voto popular com o wide receiver Justin Jefferson, dos Vikings; os running backs James Robinson e Jonathan Taylor, dos Jaguars e Colts respectivamente; e o defensive end Chase Young do Washington Football Team. Todos foram selecionados pela liga graças a suas ótimas atuações na temporada.

O quarterback se disse “honrado” pela nomeação e dedicou o prêmio para os torcedores. O quarterback não iniciou a temporada como titular, ganhando a posição apenas após problema de saúde de Tyrod Taylor na semana 2. Em entrevista para o Pat McAfee Show, Herbert expressou gratidão ao técnico de quarterbacks, Pep Hamilton, “que me puxou de lado e disse que não sabiam quando ou se [Herbert] iria jogar” mas que ele precisava estar preparado. O quarterback disse que graças a ele que se sentiu pronto. Ele finalizou seus 15 jogos com seis vitórias e nove derrotas, 396 passes completos para 4.336 jardas e 31 touchdowns – ainda sofreu 10 interceptações e 32 sacks.

Temporada de recordes

Herbert quebrou uma série de recordes em sua temporada de estreia na liga. Ele é o calouro com mais touchdowns (31), passes completos (396) e touchdowns totais (36) na história. Ainda, é o segundo com mais jardas aéreas (4.336), atrás apenas de Andrew Luck com 4.374 em 2012. O quarterback teve oito jogos com pelo menos 300 jardas de passe, empatando em terceiro na história da liga neste quesito. 

O prêmio de calouro do ano que Herbert venceu não é o mesmo que a NFL dá no NFL Honors, que é decidido com votos de jornalistas especialistas no esporte. Ainda assim, o quarterback é o favorito para vencer o prêmio entregue no sábado (6), um dia antes do Super Bowl.