Luxa admite queda do Vasco, pede desculpas e avisa: “Quero participar dessa reconstrução”

Após o empate por 0x0 contra o Corinthians, o Vasco está virtualmente rebaixado para a Série B, e Vanderlei Luxemburgo assumiu sua parcela de culpa

Diego Lucio Castro de Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Twitter

O Vasco ainda tem remotas chances de se manter na Série A após o empate de 0x0 contra o Corinthians, porém apenas um milagre reverteria a situação adversa da equipe carioca. O time comandado por Luxemburgo chegou aos 38 pontos, contra 41 do Fortaleza, equipe que vem logo à frente e está fora do Z4. Mas além de vencer e depender da derrota de seu adversário, o Vasco precisa tirar improváveis 12 gols de diferença no saldo.

O técnico Vanderlei Luxemburgo sabe o quão improvável é a combinação de resultados, e já admitiu o rebaixamento de sua equipe.

“Eu não posso enganar o torcedor. Se falar em ganhar do Goiás e fazer 12 gols, estou enganando.”

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Porém, Luxa lembrou o jogo contra o Internacional, que ainda está aguardando julgamento. Na ocasião, o equipamento do VAR teve problemas técnicos em lance crucial para a vitória gaúcha.

“Mas há um jogo sub judice (derrota por 2 a 0 para o Internacional). Lá houve um erro gravíssimo. Tanto que o STJD deu um parecer para a CBF mostrar o vídeo e os áudios do VAR na partida. Esse jogo é importante para moralizar o campeonato. Ele manchou o Brasileirão. O juiz e o VAR cometeram erros gravíssimos, o pior foi a não consulta ao VAR.”

Pedido de desculpas e futuro no Vasco

“Queria falar com o torcedor do Vasco da Gama, que tem muito respeito por mim. Lamento muito por não ter conseguindo junto com esse grupo manter o Vasco na Primeira Divisão. Peço ao torcedor que entenda que eu fiz o máximo, o maior respeito pela agremiação, pelo torcedor do Vasco da Gama. Não tenho nenhum problema, não vai mexer em nada na minha história profissional de eu aceitar de estar no Vasco neste ano participando dessa reconstrução. Estou disposto a isso porque o Vasco é muito grande, e o Vasco precisa se reencontrar com sua história, que é muito bonita.

Essa história de hoje vinha passando perto há muito tempo, mas quero participar dessa reconstrução desse clube maravilhoso que é o Vasco da Gama. O Vasco tem que estar entre as cinco maiores equipes. Me desculpe, torcedor. Me doei ao máximo. Da minha parte, eu peço desculpa, mas foi o geral.”

Luxa ainda finalizou citando que está disposto a continuar no Vasco, independente de valores para renovação.

“Se a diretoria quiser que eu permaneça, estou propenso a negociar. Durante minha vida profissional, ganhei muito dinheiro. Agora é uma questão moral. Quero ajudar o Vasco da Gama a se reconstruir. Já participei de vários clubes que se reconstruíram. Vou discutir de uma realidade dentro de Segunda Divisão.”

Siga o autor no Twitter/Instagram

LEIA MAIS
Por que a Globo não terá futebol às quartas até o fim de março?

Alisson e Ederson figuram em lista de goleiros mais caros do mundo; veja o Top10

Arnold no topo e nenhum brasileiro; veja o Top10 com os laterais direitos mais caros do mundo

Não é só o Grêmio! Veja quais clubes terão parte do valor da venda de Pepê