Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Morte de Kobe Bryant: perícia indica possível desorientação do piloto de helicóptero

Morte do astro do Los Angeles Lakers completou 1 ano em janeiro

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL.

Crédito: Kobe e sua filha, Gianna, mortos em acidente de helicóptero (Divulgação/Los Angeles Lakers)

Possíveis causas da morte de Kobe Bryant começam a vir a público. Na última terça-feira, 9 de fevereiro, uma perícia feita nos destroços do helicóptero que transportava Bryant foi feita. As informações são da Associeted Press (em inglês). A investigação feita pelo Conselho Nacional de Segurança nos Transportes dos EUA indica que, Ara Zobayan, piloto da aeronave, cometeu uma série de infrações para fugir do tempo ruim e manter o campo visual. Isso, sem ajuda de instrumentos.

“O mais próximo que podemos concluir é que ele navegou sem aparelhos de auxílio”, disse Bruce Landsberg, vice-presidente do órgão federal responsável pelo relatório do acidente.

Há indícios de que o piloto  ” ficou desorientado nas nuvens pouco antes do acidente. Ainda de acordo com o relatório, Zobayan tinha a sensação de estar subindo com o helicóptero quando, na verdade, estava descendo em alta velocidade.

No acidente, além de Kobe, morreram sua filha Gianna Maria, de 13 anos e sete vitimas. Kobe e Gianna iriam para um jogo da menina, quando houve a tragédia. A queda ocorreu em Calabasas, nos arredores de Los Angeles.

LEIA MAIS

Marcus Smart sugere ‘proteção’ da arbitragem em relação a jogo físico de Joel Embiid: “Fica difícil jogar assim”