Torcedores – Notícias Esportivas

Regulamento permite que Palmeiras jogue com time sub-20 no Paulistão; veja como

Calendário de 2021 seguirá bastante apertado para o Palmeiras; opção pelo sub-20 dependerá de reunião entre diretoria e comissão técnica

Marcel Rauen
Jornalista e assessor de imprensa

Crédito: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

O Campeonato Paulista 2021 vai começar antes da temporada 2020 terminar para o Palmeiras, que ainda estará disputando a final da Copa do Brasil. Por isso, muitos torcedores cogitam a possibilidade do clube disputar a competição estadual com uma equipe recheada de garotos provenientes das categorias de base. Mas isso é possível?

De acordo com o regulamento do Paulistão 2021, sim, é possível. No entanto, o clube teria que abrir mão de utilizar alguns de seus principais jogadores no decorrer da competição.

O documento prevê a inscrição de jogadores em duas listas distintas: A e B. Na primeira, são 26 vagas que podem ser preenchidas por jogadores sem distinção, desde que tenham contrato regularizado com o clube. Aí entrariam os atletas do elenco profissional.

Leia também: Zagueiro do Palmeiras vai jogar o Paulistão por time do interior

Já a Lista B não tem limite de inscritos, mas só pode contar com atletas de 16 a 21 anos, desde que eles estejam vinculados ao clube por pelo menos 12 meses.

Apenas sete jogadores desta segunda lista podem entrar em campo ao mesmo tempo, sendo que no banco de reservas não há limitação. Assim, ao menos quatro jogadores em campo deverão ser provenientes da Lista A.

Como o Palmeiras pode “driblar” a regra da Federação Paulista?

Para que o clube dispute o Paulistão com os atletas da base, o Verdão teria que inscrever os jogadores formados no clube diretamente na Lista A.

No entanto, desta forma quase todos os jogadores do elenco profissional ficariam de fora durante toda a competição, já que existe a possibilidade de trocas entre os inscritos somente no início do mata-mata (quartas de final), quando são permitidas a substituição de quatro jogadores da Lista A original.

Outra possibilidade de troca na lista original é em caso de lesão grave – neste caso o time deve comprovar com laudos médicos que o jogador não terá condições de jogar até o fim do Paulistão.

Abel Ferreira deixa na mão do clube decisão

O treinador do Palmeiras foi questionado sobre o calendário apertado e qual time seria inscrito no Paulistão. Segundo ele, comissão técnica e diretoria terão que avaliar se valerá a pena, já que o time terá competições muito mais importantes no decorrer da temporada.

“Tiveram a coragem de marcar de marcar um jogo no dia anterior ao primeiro duelo da final da Copa do Brasil (risos). É uma reflexão que nós (comissão técnica) e a estrutura de futebol (diretoria) teremos que fazer, para o presente e futuro. Somos pagos para isso, mas temos que perceber que estamos competindo há treze ou catorze meses. Alguma coisa está está errada por aqui e algo vai ter que mudar. Temos que saber se queremos ter sucesso só no presente ou no futuro”, afirmou Abel.

LEIA MAIS:

Vaga na Libertadores 2021: veja quanto seu time vai ganhar em premiação