Repórter da Globo vai às lágrimas após fim da cobertura do Mundial: “Jornada intensa”

Por conta da pandemia, a equipe da Globo no Qatar foi reduzida

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Após o fim do Mundial de Clubes, a Globo encerrou sua cobertura do Mundial de Clubes. Sendo assim, em participação no programa  “Bom Dia SP”, Renato Peters não segurou o choro por conta da jornada ter sido concluída com sucesso. Por conta da pandemia, o jornalista, assim como a equipe de produção, teve que passar por um rigoroso período de isolamento, além de seguir regras para evitar o contágio pelo coornavírus.

“Foram quinze dias e eu vou contar um perrengue que aconteceu. A gente está entrando (no ar) via internet, temos os chips… e a nossa internet acabou minutos antes do ‘Bom Dia Qatar’. Fizemos um gato aqui! Neste momento estamos roteando do meu celular para nossa maleta de transmissão. Foi muito legal essa cobertura. Foi uma jornada muito intensa”

“A Globo decidiu mandar uma equipe enxuta até porque tem a pandemia e existe o risco de contaminação. Aqui no Qatar os casos estão aumentando. Foi muito intensa por causa da equipe reduzida. Tivemos quatro profissionais do grupo, foi o produtor Fabrício Crepaldi e o André Hernan. E… Meu deus do céu, esse ‘Bom Dia SP’ emociona. Foi uma cobertura intensa”, declarou.

SENSAÇÃO DE ALÍVIO

Além disso, Peters se mostrou aliviado por tudo, apesar dos imprevistos, ter dado certo na cobertura da Globo. Diante disso, o profissional lembrou que pode voltar ao Qatar em breve para estar presente na Copa de 2022.

“Essa emoção é que vocês sabem. Quando acaba uma cobertura e dá tudo certo, você tira um caminhão das costas. A gente se desdobrou aqui. Quando chega no final, você pensa: ‘foi tudo certo’. Desculpa aí… o ‘Bom Dia SP’ faz cada coisa. Faz a gente rasgar calça ao vivo. Espero que a gente tenha levado para vocês todas as informações. Como disse, a torcida palmeirense sai frustrada com o 4° lugar, mas o time tem Copa do Brasil para disputar. Cumprimos a nossa missão. Quem sabe voltamos em 2022!”, expressou.

LEIA MAIS