Santos pode ver crise financeira atrapalhar busca por técnico

Peixe estuda nomes para substituir Cuca, mas cenário dentro do clube pode complicar procura

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial Santos

A já quase iminente saída de Cuca forçou o Santos a ir ao mercado atrás de um novo treinador. Nomes começam a surgir no horizonte de especulações do mercado da bola, mas uma situação pode complicar e muito a busca por um técnico: a atual situação do Peixe.

Vivendo crise financeira, o clube tem enfrentado atrasos salariais e sem grandes entradas de recursos nos cofres. Algo que Cuca enfrentou para poder levar o time da Vila Belmiro até a final da Libertadores, mas que também pode ter influído na decisão do técnico de querer sair do clube. A crise, além de causar problemas em atrasos salariais, também força a política santista de negociar jogadores, como Lucas Veríssimo e Diego Pituca.

Para poder fazer caixa, o Santos ainda pode vender mais atletas visando arrecadar fundos e resolver os salários atrasados e as dívidas que geraram a punição da Fifa que proíbe o Peixe de registrar atletas. Outro obstáculo que os dirigentes santistas deverão driblar na busca por um treinador.

De acordo com o Globoesporte.com, um trio de dirigentes santistas é quem concentra os esforços para contratar o treinador. São eles o presidente Andrés Rueda, José Renato Quaresma, um dos membros do Comitê Gestor e Jorge Andrade, que trabalha com gerente. E são também três, por enquanto, os nomes analisados pela diretoria santista neste momento.

Um deles é de Tiago Nunes. O ex-Athletico Paranaense e Corinthians, que já trabalhou com Andrade no Furacão, já manteve conversas com o Santos nos últimos dias. Lisca, do América-MG, é outro nome que agrada aos dirigentes do Peixe. Já o argentino Hernán Crespo foi descartado por causa do alto salário.

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial Santos)