Análise Tática: Bruno Méndez pedindo passagem e Luan querendo recuperar espaço no time

Vitória do Corinthians contra o São Caetano teve mais uma grande atuação do zagueiro uruguaio e um meia mais participativo

Flavio Souza
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução / Twitter / Agência Corinthians

Na temporada 2021, o torcedor do Corinthians está se acostumando a ver novos nomes em campo. Varanda, Antony, Cauê entre outros vem ganhando chances com Mancini. Mas dois atletas já conhecidos se mostram dispostos a lutar por vaga no time titular. No caso de Bruno Méndez, o zagueiro vem aproveitando as chances e mesmo atuando improvisado nas laterais, vem fazendo boas partidas. Além disso, o atleta fez o gol da vitória contra o São Caetano, seu primeiro pelo clube.

Já o meia vem ganhando chances com o atual treinador do Timão e na última partida teve lances importantes dentro de campo, mas que não deram resultado por má atuação dos demais jogadores do ataque alvinegro.

Em mais uma coluna Análise Tática, o Torcedores.com detalha alguns dos principais lances da partida do Paulistão contra o Azulão. Confira!

Corinthians com zaga lenta

Começamos nossa análise pontuando um problema crônico da defesa do Timão. Gil já não mostra o mesmo vigor de antes e Jemerson não tem como ponto forte a velocidade. Com isso, vemos em vários jogos o setor defensivo sofrendo com lances em contra-ataque, com os zagueiros sendo facilmente ultrapassados. E nessa análise podemos pontuar justamente algumas participações de Bruno Méndez.

Logo no começo do jogo, o primeiro problema. No contra-ataque puxado pelo São Caetano, vemos Gil centralizado e Jemerson disputando a bola com o atleta do Azulão. Já na segunda imagem é possível ver Bruno Méndez correndo pelo meio para recompor a defesa.


Agora, adiantando um pouco o lance, reparem a lentidão da defesa alvinegra. Jemerson já ficou para trás, enquanto Gil corre para tentar fechar o meio da área. A confusão dos zagueiros deixa um vazio na entrada da área que poderia ter resultado em gol, caso o atacante do São Caetano não tivesse se atrapalhado sozinho com a bola. Mas reparem na movimentação do zagueiro uruguaio. Mesmo precisando mudar sua corrida, ele consegue chegar na área alvinegra a tempo de pelo menos fazer uma sombra ao atacante rival.

O outro lance de destaque ocorre no segundo tempo. Novamente vemos a zaga do Corinthians sendo superada em velocidade. O atacante inclusive precisa parar o lance para dominar a bola, perdendo a velocidade, mas logo em seguida passa facilmente por Gil.

E novamente temos outro lance de destaque de Méndez. Reparem que ele novamente retorna rapidamente para recompor a defesa. E isso fica mais evidente na continuação do lance, afinal já vemos o zagueiro dentro da área. Mas também é possível notar que a defesa consegue se recompor no lance, minimizando as opções ofensivas do rival.

 

Corinthians ainda pode confiar em Luan?

Outro destaque dessa análise tática foi em relação ao meia. Depois de ser preterido até mesmo pelos jovens da base, o jogador voltou a ser utilizado por Mancini. De forma inesperada, o atleta apareceu como titular na partida deste domingo (14). Se o jogador não teve uma atuação dos sonhos, não foi por culpa dele. Afinal ele mostrou movimentação, entrega e visão de jogo. Mas a péssima atuação ofensiva do Timão fez com que lances de perigo criados por Luan não dessem resultado.

O primeiro lance mostra a movimentação, qualidade no passe e a forma como ele enxerga o jogo. Reparem que ele começa a jogada no setor esquerdo do ataque, se movimenta para utilizar o espaço vazio na direita e consegue um passe em velocidade para seu companheiro de equipe.

 

Ainda no primeiro tempo, novo lance de perigo, mas desta vez iniciando um contra-ataque. Neste lance, além de um bom posicionamento do goleiro, temos também um erro na movimentação de Jô, que fechou o lance dentro da área ao invés de abrir para ser uma opção para finalizar sem goleiro.

Por fim, um lance já no segundo tempo. Desta vez, Luan ajuda na defesa e inicia a jogada ainda no campo defensivo do Corinthians.  Ele tabela com Vital e consegue espaço para pensar a jogada. Ao levantar a cabeça, o meia vê a movimentação de dois companheiros de time. O passe em curva, que encontraria Varanda livre pela direita, é cortado pela zaga rival, impedindo o que poderia ser um perigoso ataque do Timão.

 

Análise Tática – Nossa opinião final

Pelo momento atual, Bruno Méndez vem fazendo por merecer continuar no time titular. Pela análise dos problemas recentes, a opção inicial seria sua entrada no miolo de zaga, seja no lugar de Jemerson ou no do Gil. Uma outra opção seria com Mancini optando por três zagueiros. Dessa forma, o uruguaio poderia ser o jogador da sobra, justamente por sua velocidade.

Já no caso de Luan, a situação é mais complexa. Com Cazares ainda recuperando sua condição física, a vaga no setor de criação fica em aberto. Por mais que contra o São Caetano seja possível ver uma atuação acima do que vinha apresentando, ainda é muito cedo para afirmar que Luan pode recuperar seu espaço. Mas pelos lances de ontem, fica claro que ele não desaprendeu a jogar, nem perdeu sua técnica. Caso Mancini consiga achar o melhor posicionamento para o meia, ele poderá ser útil ao time nesta temporada.

LEIA MAIS:

Morre Gilmar Fubá, ídolo e campeão mundial pelo Corinthians

Meia do Salgueiro-PE reconhece força do Corinthians, mas aposta em “time aguerrido” para surpreender o Timão