Sem querer “guerra” com o Flamengo, Arrascaeta não recebeu oferta para deixar o clube, diz site

Uruguaio não deseja criar atrito com o Flamengo

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Marcelo Cortes - CRF

Segundo informações da “TNT Sports“, Arrascaeta não quer criar nenhum clima de “guerra” com o Flamengo. Apesar de tentar uma valorização, postura que também é defendida pelo seu estafe, a intenção é conseguir o objetivo sem gerar nenhum atrito com o clube. Sendo assim, no retorno do jogador ao Ninho do Urubu, as tratativas para que um aumento salarial seja fechado podem ter início.

Além disso, é informado pelo jornalista Vitor Sérgio Rodrigues que Arrascaeta não recebeu nenhuma sondagem, assim como não chegou ao Flamengo nenhuma proposta pelo camisa 14. Diante disso, o cronograma de sua volta ao clube, marcada para terça (16), vai seguir normalmente.

Oficialmente, o Flamengo justificou o motivo de Arrscaeta não ter se reapresentado nesta segunda (15). Portanto, a diretoria autorizou, depois de um pedido do jogador, que a volta acontecesse um dia depois.

“Arrascaeta foi liberado pela direção e o técnico Rogério Ceni para se apresentar na terça-feira (16). Ele está no Uruguai e o número de voos se encontra reduzido em razão da pandemia. Para ficar um maior tempo com os familiares e passar o final de semana, o atleta fez a solicitação. Caso contrário, Arrascaeta precisaria ter retornado na sexta-feira (12)”, informou o Rubro-Negro.

LEIA MAIS