Com ‘pacote’ financeiro inviável, Diego Cavalieri pode trocar o Botafogo por clube da MLS

Diego Cavalieri tem contrato com o Botafogo até dezembro de 2021

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Vitor Silva/ Botafogo

Em um time que fez o torcedor alvinegro sofrer do início ao fim no último Campeonato Brasileiro, Diego Cavalieri foi um dos poucos jogadores que se salvaram em 2020. O goleiro tem contrato com o clube da Estrela Solitária até dezembro de 2021.

Contudo, o ‘pacote’ financeiro para mantê-lo por mais uma temporada é inviável, em virtude dos valores que envolvem o contrato do experiente arqueiro. No ano passado, só para exemplificar, ele foi um dos que aceitou o realinhamento salarial do Botafogo.

O Torcedores.com apurou que Diego Cavalieri tem salário acima da realidade financeira do Botafogo para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. De acordo com fontes ligadas ao departamento de futebol alvinegro, o goleiro recebe R$ 230 mil por mês.

Entretanto, a situação de Diego Cavalieri terá de ser novamente discutida, em função da permanência de receitas reduzidas do Botafogo. Por isso, uma possível saída do goleiro é vista com bons olhos pelos dirigentes.

Diego Cavalieri foi sondado pelo San Jose Earthquakes, dos Estados Unidos. Por ora, o clube, que disputa a Major League Soccer (MLS), ainda não formalizou proposta oficial pelo atleta de 38 anos. Além disso, ele tem visto americano, o que é um facilitador para uma transferência.

Diego Cavalieri não tem previsão de retorno aos gramados

Diego Cavalieri não atua pelo Botafogo desde o início de fevereiro. Ele sofreu uma lesão no tornozelo direito contra o Palmeiras no 2º turno do Brasileirão. De acordo com o preparador de goleiros, Flávio Tenius, o atleta está trabalhando para encurtar seu retorno aos gramados.

“Diego Cavalieri teve um trauma no jogo com o Palmeiras, dores, exames, está em conduta de recuperação. Não tenho como falar de prazo, mas está evoluindo e louco para voltar. É muito chato ficar no departamento médico, incomoda qualquer um”, revelou em entrevista à “Rádio Brasil”.

Além dos experientes Diego Cavalieri e Gatito Fernández, o técnico Marcelo Chamusca conta com Andrew, Diego Loureiro e Douglas Borges, recém-contratado junto ao Volta Redonda e novo titular da posição.

LEIA MAIS: 

Botafogo vende Caio Alexandre a clube da MLS e mantém parte dos direitos econômicos 

Botafogo tenta a contratação por empréstimo de revelação do Grêmio avaliado em R$ 340 milhões 

Athletico, Grêmio e São Paulo disputam contratação de Matheus Babi; Botafogo dificulta negociação