Quais jogadores receberam a franchise tag para a temporada 2021 da NFL

Ao todo, dez atletas receberam a franchise tag para a próxima temporada

Thais May Carvalho
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Scott Taetsch/Credit: Getty Images

As 32 equipes da NFL tiveram até a tarde de 9 de março para aplicar a franchise tag nos jogadores que desejam manter no time. Assim, eles terão até o meio de julho para negociar um contrato de longo prazo. Caso isso não aconteça, os atletas jogarão a temporada 2021 recebendo a média salarial dos cinco jogadores mais bem pagos da sua respectiva posição ou 120% do salário do ano anterior (o que for mais lucrativo para o jogador).

No total, 10 atletas receberam a franchise tag, sendo 9 deles a não-exclusiva – ou seja, outros times podem negociar com o jogador durante a pré-temporada. Caso isso aconteça, a sua atual equipe pode escolher entre igualar a proposta ou receber duas escolhas compensatórias de primeira rodada no draft.

Confira abaixo a lista com os jogadores que receberam a franchise tag e o valor que devem receber em 2021:

Chris Godwin (WR) – Tampa Bay Buccaneers. Godwin foi uma das importantes armas de Tom Brady durante a campanha da conquista do Super Bowl. Com a tag, o wide receiver receberá US$ 16 milhões em 2021.

Crédito foto: Mike Ehrmann/Getty Images

Marcus Maye (S) – New York Jets. Os Jets aplicaram a tag em Maye, mas o time deseja assinar um contrato de longo prazo com o safety. Maye receberá US$ 10,6 milhões em 2021.

Crédito foto: Emilee Chinn/Getty Images

Allen Robinson (WR) – Chicago Bears. Principal wide receiver do time, Robinson irá receber US$ 18 milhões em 2021. A tag foi usada, pois Chicago não conseguiu negociar uma extensão de contrato na temporada passada.

Crédito foto: Nic Antaya/Getty Images

Taylor Moton (T) – Carolina Panthers. Moton foi titular absoluto na linha ofensiva de Carolina nos últimos três anos. Com a tag, ele receberá US$ 13,7 milhões enquanto negocia seu contrato.

Crédito foto: Jim Dedmon/USA TODAY Sports

Cam Robinson (T) – Jacksonville Jaguars. Titular na posição de left tackle, Robinson recebeu elogios do novo treinador Urban Meyer, mesmo não jogando muito bem na temporada passada. Ele também receberá a média de US$ 13,7 milhões em 2021.

Crédito foto: AP Photo/Gary McCullough

Brandon Scherff (G) – Washington Football Team. Pelo segundo ano consecutivo, a equipe de Washington aplicou a franchise tag em Scherff, que receberá US$ 18 milhões em 2021.

Crédito foto: Scott Taetsch/Getty Images

Justin Simmons (S) – Denver Broncos. Simmons também está recebendo a tag pelo segundo ano seguido, mas o atleta e o time já estão trabalhando em um contrato a longo prazo. Com isso, ele receberá US$ 13,7 milhões em 2021.

Crédito foto: Dustin Bradford/Getty Images

Leonard Williams (DL) – New York Giants. Depois de ter um dos melhores anos de sua carreira, Williams recebeu a tag enquanto ele e os Giants negociam um novo contrato, que deve sair logo. Por enquanto, o jogador receberá US$ 19,3 milhões em 2021.

Crédito foto: Sarah Stier/Getty Images

Marcus Williams (S) – New Orleans Saints. Mesmo com um cap apertado, os Saints optaram por aplicar a tag em Williams, safety titular da equipe nos últimos 4 anos. Dessa forma, ele receberá US$ 10,6 milhões em 2021.

Crédito foto: Jonathan Bachman/Getty Images

Dak Prescott (QB) – Dallas Cowboys. A aplicação da franchise tag em Dak Prescott (que foi o único a receber a tag de exclusividade) foi uma medida processual por conta da renovação do seu contrato com os Cowboys. Com a terceira tag da sua carreira, ele provavelmente não a receberá mais uma vez, pois o custo seria muito alto.

Crédito foto: Tom Pennington/Getty Images

Alguns jogadores surpreendentemente não receberam a franchise tag e, se não assinarem um novo contrato com o seu time até segunda-feira, estarão disponíveis durante a free agency, que começa dia 17 de março. Entre os nomes mais notáveis podemos citar: Aaron Jones (RB/Green Bay Packers), Kenny Golladay (WR/Detroit Lions), Chris Carson (RB/Seattle Seahawks), Shaquill Griffin (CB/Seattle Seahawks), Bud Dupree (LB/Pittsburgh Steelers), Hunter Henry (TE/Los Angeles Chargers) e Jonnu Smith (TE/Tennessee Titans).