Técnico do Flamengo lamenta ‘falta de capricho’ em finalizações no Fla-Flu

Rubro-Negro foi derrotado pelo Flu por 1 a 0 neste domingo (14), perdendo seu primeiro jogo na temporada 2021

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Alexandre Vidal/CRF

O Flamengo perdeu neste domingo sua primeira partida na temporada 2021 do futebol brasileiro. E foi logo contra seu grande rival Fluminense, caindo no Fla-Flu por 1 a 0 em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Carioca.

Maurício Souza, que vem treinando o time ‘reserva’ com o descanso dos titulares com Rogério Ceni, lamentou que o Rubro-Negro não tenha conseguido aproveitar uma das 24 chances de gol que o time da Gávea teve no clássico diante do Flu.

“Claro que eu considero o resultado injusto, mas o futebol não é feito de justiça. Falei isso para eles no intervalo. Acho que poderíamos ter feito o gol no primeiro tempo, mas o nível de concentração tem que ser alto o tempo inteiro. Eles acabaram acertando um belo chute e saíram de campo com a vitória”, declarou Souza.

“Os números retratam o jogo que a gente fez, mas esse volume tem que ser traduzido em gol, que é o que define a partida. Tivemos 24 finalizações, 11 chances de gol. Tivemos mais posse, empurramos o Fluminense para trás e a gente poderia ter aberto o placar. O que faria com que o Fluminense tivesse que sair mais, mas isso não aconteceu”, completou o treinador.

Assim como em 2020, o Flamengo decidiu apostar no uso do time sub-20 para iniciar o Carioca, dando descanso aos titulares após a truncada temporada. Sobre o que até o momento tal atitude trouxe de lição para quando os principais jogadores voltarem, Maurício Souza preferiu um tom mais otimista.

“Para mim esse balanço foi positivo, até pela forma como eles (os jogadores) se comportaram. Tivemos controle total dos jogos, inclusive o de hoje. Algumas vezes conseguimos até furar retrancas vitais. Faltou um pouco mais de capricho e de calma. Saio triste com o resultado, muito triste. Acreditamos até o final que o gol iria sair, mas não conseguimos”, lamentou o comandante rubro-negro.

LEIA MAIS

Casagrande cobra Flamengo e detona Gabigol por flagra em cassino: “Não tem a mínima noção do que é ser um ídolo”

Bomba! Flamengo terá problemas com Arrascaeta nesta semana, revela ex-jogador

Pedro depõe em investigação sobre fraude em passaporte esportivo