Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Novo camisa 7? Rony ‘herda’ número de Dudu no Palmeiras e indica que retorno do ídolo está distante

Rony já usava a camisa 7 no Athletico Paranaense

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Palmeiras TV

O Palmeiras divulgou a lista de inscritos para a disputa da Recopa Sul-Americana contra o Defensa y Justicia nos dias 7 e 14 de abril, e a numeração do atacante Rony chamou atenção. Camisa 11 em 2020, o atacante aparece agora com a número 7, que estava vaga desde a saída de Dudu, no segundo semestre da temporada passada. Com a mudança, fica cada vez mais certo que o ídolo palmeirense não deve retornar do Catar após o período de empréstimo com o Al-Duhail, no meio do ano.

Palmeiras divulga lista de inscritos para Recopa Sul-Americana; vejas os nomes

O vinculo de empréstimo de Dudu com o clube do Catar, com duração de um ano, prevê ao clube catari a opção de compra de 80% dos direitos econômicos do atacante por 6 milhões de euros. Vale lembrar que o Palmeiras já recebeu 7 milhões de euros (cerca de R$ 43 milhões à época) para emprestar o jogador.

Em fevereiro, Dudu já havia manifestado o desejo de seguir atuando no exterior por mais alguns anos antes de retornar ao Brasil. “Estou muito feliz aqui no Catar. Espero ficar, quem sabe, três anos. Agora estou por empréstimo, mas espero ser comprado, ficar três anos e poder voltar ao Palmeiras com 31 anos. Vou estar muito novo ainda. Tenho que ficar focado aqui, continuar fazendo meu trabalho, do jeito que estou fazendo”, disse o atacante em entrevista à ESPN Brasil.

NOVO CAMISA 7:

Contratado junto ao Athletico Paranaense no início de 2020 por 6 milhões de euros, Rony teve problemas para se adaptar ao Verdão, mas começou a crescer de produção com a chegada do técnico Abel Ferreira, e ganhou destaque, principalmente, durante a campanha do título da Copa Libertadores, com direito a assistência para o gol do título – o atacante concorreu, inclusive, ao prêmio de melhor jogador da competição e ao ‘Rei da América’, mas ambos foram conquistados por Marinho, do Santos.

Rony considera o ‘7’ como “numero da perfeição”, e até por esse motivo chegou a pedir para usar a camisa 77 quando foi contratado pelo Palmeiras, já que Dudu ainda estava no clube, mas acabou ficando com a camisa 11. Vale lembrar ainda que o jogador usava a numeração 7 no Athletico.

O atacante Gabriel Silva, revelado na base do Verdão, chegou a usar a camisa 7 durante a disputa da Libertadores, mas a medida provisória foi adotada porque a Conmebol só permite a numeração do 1 ao 30, e com a saída de Dudu, a vaga precisava ser preenchida.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes