Felipão aponta jogador mais “resenheiro” que conheceu no futebol: “Não tem igual”

Como trabalhou com vários atletas em sua carreira, Felipão elegeu o nome com quem mais se divertiu

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Rafael Ribeiro - CBF

Em entrevista ao programa “Resenha ESPN”, Felipão foi questionado sobre o jogador com comportamento mais divertido com quem já trabalhou como treinador. Dessa forma, o treinador não ficou em cima do muro, e elegeu César Sampaio como o mais “resenheiro” que conheceu no mundo da bola, apontando a justificativa da sua escolha.

“César Sampaio. Não tem igual. Ele conta uma história que tu já conhece, mas ele conta do jeito dele, e totalmente diferente. Não tem nenhum igual. O Zinho pode confirmar, o Djalminha também. Esse aí não tem igual”, contou.

Atualmente livre no mercado, depois de ser desligado do Cruzeiro, Felipão já revelou que possui o desejo de trabalhar no Boca Juniors. Mesmo assim, a intenção de dirigir um clube sul-americano fora do Brasil não se restringe apenas ao clube argentino. Isso porque o técnico pentacampeão do mundo cogitou treinar um time uruguaio, país natal de Lugano.

“Fazia muito tempo que não falava com o Zinho, Djalminha, Lugano, que poucas vezes conversei… Quem sabe não volte a trabalhar no teu país, Lugano“, expressou.

LEIA MAIS

Felipão sobre o 7 a 1 para Alemanha: “Foram extremamente superiores a nós, não adianta falar mais”

Felipão recorda negociação frustrada e afirma: “Gostaria de ter trabalhado no Flamengo”