Gabigol fica a dois gols de igualar Zico como maior artilheiro do Flamengo na Libertadores

Atacante fez dois gols contra o Unión La Calera na última terça-feira (27) pela Libertadores

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial Flamengo

A goleada do Flamengo sobre o Unión La Calera (4 a 1) pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores teve mais um show de Gabigol. O atacante fez dois gols e garantiu mais uma vitória flamenguista na competição. Além de se aproximar de uma marca importante.

Os dois gols marcados contra os chilenos levaram o artilheiro flamenguista a 14 gols com a camisa rubro-negra em jogos da Libertadores. Apenas dois atrás do maior ídolo da história do Fla, Zico, que fez 16, 11 deles na campanha do título de 1981. O levantamento é de Rodolfo Rodrigues, do Torcedores.com

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Nesta terça, Gabigol se manteve tranquilo como segundo maior goleador do Flamengo na Libertadores. Em 2019, ano do bicampeonato, o atacante foi goleador máximo do torneio, com nove gols. Em 2020 fez apenas dois gols e já ultrapassou a marca neste ano, chegando ao seu terceiro tento na competição de 2021.

Há a chance de que o atacante possa ultrapassar Zico já nesta competição ou até mesmo na próxima partida, contra a LDU. Bastam apenas dois gols nos próximos quatro jogos para igualar o Galinho e mais um para se tornar o maior artilheiro do Flamengo na história de suas participações na principal competição sul-americana.

E dentro do atual elenco do Flamengo, ainda há dois jogadores que podem até chegar em Gabriel Barbosa se marcarem gols nas próximas partidas: Bruno Henrique (nove gols) e Éverton Ribeiro (sete). Nenhum dois anotou gols até o momento na edição 2021.

LEIA MAIS

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Demissão injusta? Dome recorda problemas, mas exalta passagem pelo Flamengo: “Maior clube da América do Sul”

Flamengo busca mais R$ 10 milhões com atleta vendido em 2020; entenda