Jean Pyerre, Pepê, Rafinha e mais: os planos individuais de Tiago Nunes para montar o “novo” Grêmio

Novo treinador gremista Tiago Nunes abordou mais planos para o Grêmio depois de sua estreia

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/Grêmio

Após estrear com vitória fora de casa por 3×2 diante do Ypiranga, fora de casa, pelo Gauchão, o técnico Tiago Nunes tratou de traçar alguns planos pelo Grêmio, incluindo uma possível reutilização de Pepê, abrindo a chance de um recuo de Jean Pyerre e adiantando que vai testar Rafinha e Vanderson juntos no time. Veja algumas aspas do treinador neste sábado:

Sobre Pepê: “Pepê está no Departamento Médico e, por enquanto, é um atleta que faz parte do Grêmio, está nos nossos planos. Enquanto tiver a condição de ser aproveitado, a gente vai olhar com bons olhos pra ele, mas também temos que entender melhor como que foi construída a negociação com o Porto e saber exatamente quando ele terá que se apresentar lá”

Sobre Jean Pyerre: “O Jean, com a qualidade que tem, ele tem liberdade de movimentação. Pode vir um pouco mais de trás, mas lógico que temos que criar combinações para quando ele descer, alguém subir. Se não a equipe fica com uma posse de bola só pela posse, temos que buscar o jogo um pouco mais vertical e aproveitar esses jogadores que têm qualidade recebendo a bola de frente.  A situação do Jean não tenho conhecimento, não me passaram nada ainda. Vou conversar com a direção e havendo algo a gente se posiciona de maneira oficial”

Sobre Rafinha: “É uma boa possiblidade (ele e Vanderson juntos). Ele já jogou assim em outras equipes, no Bayern. Temos que ir avaliando. É algo que vamos testar nos treinamentos, mas é uma boa possibilidade”

Em 1° lugar geral no Gauchão, o Grêmio terá dois jogos contra o Caxias na semifinal e decidirá o segundo jogo em casa. O próximo duelo do calendário é fora, contra o Lanús, quinta, pela Sul-Americana.