Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Palmeiras: Empereur se vê injustiçado por expulsão: “Difícil digerir uma situação dessas”

Abel Ferreira admitiu que o cartão vermelho recebido por Empereur atrapalhou a boa partida que a equipe estava fazendo

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação.

Expulso aos 18 minutos do segundo tempo após receber o segundo cartão amarelo, o zagueiro Alan Empereur se manifestou após a vitória do Palmeiras por 3 a 2 sobre o Univesitario, do Peru, em Lima. Através do Instagram, o defensor afirmou estar se sentindo injustiçado pela falta de critério da arbitragem, que quase colocou todo trabalho e preparação da equipe em risco.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

“Muito triste e me sentindo injustiçado demais pela falta de critério e exagero do juiz nos meus dois cartões amarelos. Não gosto de falar de arbitragem, mas é difícil digerir uma situação dessas, ainda mais quando se coloca em risco todo um trabalho e preparação. Por fim, feliz pela vitória do time, o que foi o mais importante”, escreveu Empereur no Instagram.

O Palmeiras vencia o jogo por 2 a 0 quando Empereur foi expulso. No mesmo lance, o Universitário diminuiu a vantagem Alviverde na cobrança de falta, e minutos depois empatou a partida em cobrança de pênalti. O Verdão só conseguiu o gol da vitória aos 49 minutos da etapa final, com gol marcado pelo zagueiro Renan.

Em entrevista coletiva pós-jogo, o técnico Abel Ferreira admitiu que o cartão vermelho de Empereur mudou a partida. “Até a expulsão, fizemos um jogo extraordinário, muita organização com bola e equilíbrio. Luan fez grande jogo, Alan acabou por cometer um erro, mas faz parte. Chegamos com muita gente à área. Futebol é isto. Uma expulsão, nasce um gol. Em 5 minutos o jogo muda”, avaliou o treinador.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

LEIA MAIS:
Abel Ferreira justifica escalação do Palmeiras com três zagueiros: “Para mim não há sistema mais agressivo”

Galiotte diz que está “tudo tranquilo” com Abel Ferreira: “Ele é muito intenso e ainda está se adaptando ao Brasil”

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esporte