Presidente do Grêmio elogia Renato Gaúcho e “fala” do treinador no Flamengo

Renato Gaúcho deixou o Grêmio na semana passada e já coloca pressão em diversos treinador no Brasil

Eduardo Suguiyama
Eduardo Suguiyama é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado).

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Foram mais de cinco anos de Renato Gaúcho no comando do Grêmio, mas na última semana o casamento do treinador com o Imortal chegou ao fim após eliminação precoce na fase de préliminar da Libertadores 2021. Ontem, o presidente do Tricolor Gaúcho, Romildo Bolzan Jr falou com Elia Junior na rádio Bandeirantes e abriu o jogo sobre a saída do ex-treinador.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Renato Gaúcho conquistou quase tudo no Grêmio nos últimos cinco anos, Copa do Brasil, Estaduais, Libertadores, Recopa e GreNais, mas como quase tudo na vida a relação entre técnico e Imortal chegou ao fim e em entrevista à rádio Bandeirantes, Romildo Bolzan Jr, exaltou o ex-treinador e ídolo do Imortal, e afirmou também que a saída foi em consenso.

“Então, pra todo mundo acontece exatamente assim e com ele aconteceu assim. Ele saí de porta abertas e um legado enorme, trabalho com enormes conquistas, saí daqui homenageado e reconhecido e principalmente dentro de um contexto de respeitabilidade profunda que é o que prevalece”, disse.

Renato no Flamengo?

Durante esses cinco anos no Grêmio, Renato Gaúcho recebeu pelo menos duas propostas para treinar o time carioca, porém, negou e seguiu seu caminho no Imortal. Agora com o caminho livre, o destino do técnico pode ser o rubro-negro, o ex-atacante já faz sombra para o trabalho de Rogério Ceni e Bolzan também comentou sobre o assunto.

“Ah, não sei (risos), isso se diz respeito a diretoria do Flamengo. O Flamengo sempre tem essas características pelo tamanho do seu clube (pressão sobre o treinador), exigências que tem hoje, principalmente pelos títulos que conquistou, então a pressão sobe muito, então a pressão é muito superior aos demais clubes, as vezes, quando quando tropeça surge estabilidade geral, que pode ser um equívoco ou uma situação de acerto…Se o Flamengo faz rapidamente a mudança de treinadores é porque as vezes a necessidade impõem”, finalizou.

Assista na integra a entrevista de Romildo Bolzan à rádio Bandeirantes:

LEIA MAIS:
Renato Gaúcho no Corinthians? Saiba quem se daria bem

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes