Velloso critica Luan e comentarista cita venda como solução ao Palmeiras: “Se tirar, tem que vender”

Rogério Assis, comentarista do “Os Donos da Bola”, afirmou que Luan não pode ser banco após erros para que não seja desvalorizado no mercado

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: O jogador Luan, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Sport CR, durante partida válida pela trigésima quinta rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na Arena Allianz Parque.

O zagueiro Luan está sendo amplamente criticado pela torcida do Palmeiras. Titular ao lado de Gustavo Gómez na era Abel Ferreira, o jogador acabou sofrendo no lance de Arrascaeta que acabou em gol para o Flamengo na Supercopa do Brasil.

Após derrota para o Flamengo, Felipe Melo ressalta “orgulho” de jogar no Palmeiras

Nesta quarta-feira (14), durante o programa “Os Donos da Bola”, o ex-goleiro e ídolo alviverde Velloso criticou o zagueiro do Palmeiras. De acordo com ele, o técnico Abel Ferreira não tem como queimar o Luan no banco de reservas “porque ele já está queimado”.

“Isso não é responsabilidade do Abel. Não tem como queimar o Luan porque ele já está queimado pelas falhas não só na Supercopa como na Copa do Brasil, no Mundial e na outra Libertadores”, disse Velloso, que viu o comentarista Rogério Assis, o Canhão, completar: “Se tirar tem que vender. Isso queima o filme dele. Desprestigia e desvaloriza um produto que é seu”.

Ainda durante a conversa, o ex-goleiro duvida muito de um vice-campeonato do Palmeiras contra o Defensa y Justicia, na Recopa Sul-Americana. “Muito difícil (o Palmeiras não conquistar o título). O Defensa já jogou mal em casa. O Palmeiras pode não só empatar como perder por 1 a 0 pelos gols fora. E acho que o Abel tirou algumas conclusões nos últimos jogos sobre jogadores como Zé Rafael e Luan. Acho que vai mexer no time”, concluiu.