5 candidatos a Novato do Ano na temporada 2021 da NFL

A temporada da NFL ainda está longe do início, mas a expectativa para ver os calouros e saber até onde podem render já é muito grande

Ricardo Stelet
Louco por esportes desde sempre.

Crédito: Foto: Gregory Shamus/Getty Images

A largada da temporada 2021 da NFL já foi dada com o Draft. Agora as torcidas estão ansiosas para conferir em
campo se as escolhas valeram a pena. Neste ano o ataque teve uma atenção especial na primeira rodada, com 18
dos 32 jogadores escolhidos. Além disso, apenas 5 são de linha ofensiva, ou seja, 13 jovens talentos tem a
função de elevar a potência ofensiva de seus times. Mas então, quais desses tem chance de levar o prêmio de
Novato do Ano?

Trevor Lawrence – QB – Jacksonville Jaguars

O primeiro e principal candidato é Trevor Lawrence. Ele é onsiderado por muitos o quarterback mais preparado para a liga desde Andrew Luck, mas chega com a difícil missão de levar os Jaguars a outro patamar. Sunshine, como é apelidado, teve uma carreira de muito sucesso na universidade de Clemson.

Ele não perdeu nenhum jogo de temporada regular em toda sua carreira no College, mas claro, isso vai acabar logo. Porém, a grande questão é ate que ponto ele vai corresponder logo em seu primeiro ano.

Entretanto, um problema para Lawrence pode ser a falta de grandes alvos, Jacksonville vai precisar que seus WR deem umsalto de qualidade para ajudar o rookie. Em compensação, o QB terá um bom apoio no jogo corrido, com o veterano Carlos Hyde, além do novato Travis Etienne, draftado também na primeira rodada (25°).

Zach Wilson – QB – New York Jets

Os Jets vão apostar tudo em mais um novo QB. O time tem ficado com a péssima fama de destruir o futuro de ótimos prospectos, e agora, Zach Wilson (2° escolha geral) vai tentar acabar com essa maldição.

A tarefa vai ser árdua. Contudo, o time de Nova Iorque parece ter um plano, já que apostou muito na linha ofensiva no draft. A tendência é que o calouro sofra um pouco neste ano, mas se for bem protegido, tem talento suficiente para competir pelo premio de novato da temporada.

Kyle Pitts – TE – Atlanta Falcons

Com a quarta escolha do daft, os Falcons selecionaram o fenômeno Kyle Pitts, o Tight End com melhor posição na história das escolhas na NFL.

Toda expectativa sobre ele se justifica. Pitts tem o tamanho e força de um TE de elite, envergadura e catch de um wide reciever e a explosão e agilidade de um Running Back. Claro que a NFL tem um nível de exigência muito maior, mas é muito difícil imaginar que ele não será um dos destaques da liga já neste ano.

Não bastasse todos os seus atributos, Pitts ainda chega para um bom time. Que apesar de ter tido um ano bem abaixo do esperado, ainda conta com bons nomes e um QB experiente e extremamente competente, Matt Ryan.

Jaylen Waddle – WR – Miami Dolphins

Esse temporada será crucial para o time da Flórida. Depois de dois anos repletos de escolhas, muitas delas de primeira rodada, está na hora de começar a aparecer os resultados. Tua Tagovailoa vai para o seu segundo ano e apesar de alguns problema na OL conta com um bom time.

Agora ele vai contar com Jaylen Waddle como alvo. Em 3 anos de College ele acumulou 1999 jardas recebidas,  entretanto, em seu último ano atuou em apenas 6 partidas. Waddle conseguiu, apenas nesses jogos, 28 recepções, 4 touchdowns e uma impressionante média de 21.1 jardas por jogo. Em sua carreira na universidade sua média por jogo foi de impressionantes 18.9.

Um alvo ágil, para abrir o campo e mais do que confiável para elevar o nível do time. Se colocando assim entre possíveis candidatos a Novato do Ano.

Justin Fields – QB – Chicago Bears

Justin Fields viveu a expectativa de ser terceira escolha no Draft, ou ao menos de que se os Niners passassem por ele outro time iria prontamente subir para o escolher. Acabou demorando um pouco mais do que as previsões. Mas o Bears subiram para a 11° escolha para selecionar o QB.

Fields tem uma grande mobilidade e um braço muito forte e tem tudo para ser prolifico na NFL. Contudo, possíveis problemas de saúde relacionados a epilepsia podem ter feito com que caísse no board.

Mas, o fato é que em campo ele é um grande jogador e cai em uma boa equipe. O time tem uma boa defesa, um corpo de recebedor sólido e um linha ofensiva decente, que foi reforçada no Draft.

Agora, a cereja do bolo, Justin Fields chega para assumir a posição e, em teoria, redimir a front office pela escolha de Trubsky há alguns anos.

LEIA MAIS

Draft da NFL 2021: confira as escolhas dos times na 1ª rodada

NFL Draft: as piores escolhas do Draft dos últimos 3 anos