Abel Ferreira manda recado para diretoria do Palmeiras após não receber novos atletas

Técnico português recebeu apenas Danilo Barbosa como reforço do Palmeiras na temporada. O jogador, inclusive, foi elogiado por Abel Ferreira

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação.

O técnico Abel Ferreira mandou um recado para a diretoria do Palmeiras na última terça-feira (11), em entrevista coletiva após derrotar o Independiente Del Valle, no Equador. Com apenas um reforço para a temporada depois de vencer a Libertadores e a Copa do Brasil, o português espera não perder nenhum atleta nesta janela de transferências.

Mercado da Bola: 8 jogadores que podem deixar o Palmeiras em maio

Perguntado sobre possíveis interesses europeus em Rony, Abel Ferreira respondeu: “Espero que o Palmeiras não o venda, vou já colocar a minha impressão para a diretoria. Já que ninguém entra, espero que ninguém saia. É um jogador fundamental para a nossa dinâmica como equipe”, afirmou.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“Eu não gosto de falar individualmente, porque essa equipe joga coletivamente. Mas eu respondo a todas as perguntas. O Rony tem essas características, não é de hoje, é algo dele, não fui eu que ensinei. Ele pode nos ajudar em todos os momentos: em contra-ataque, ataque posicional, para defender”, completou.

+Abel Ferreira diz que “o Palmeiras é de todos” após comentário preconceituoso de atacante

Elogios para única contratação do Palmeiras

A única contratação para esta temporada foi o zagueiro e volante Danilo Barbosa. O atleta, inclusive, foi elogiado por Abel Ferreira durante a entrevista. “Teve um lance no segundo tempo que o Danilo Barbosa roubou a bola, fez a transição, voltou e colocou as mãos no joelho. Imaginem isso de um jogador que tinha acabado de entrar”, disse, antes de completar.

“Hoje competimos contra o adversário e a altitude. Mais uma vez reforço que é um orgulho ser técnico desses jogadores, é um orgulho pertencer a essa família, e quando todos somos um, somos uma equipe muito forte”, concluiu o técnico.