Barcelona quer Guardiola de volta

O Barcelona quer Guardiola de volta, técnico que levou o clube a conquista de diversos títulos Merengues no final dos anos 2000

João Gabriel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Torcedores

O Barcelona quer Guardiola de volta , entretanto sabendo que seria muito pouco provável uma contratação imediata, afinal Guardiola acabou de ganhar a Premier League e está na final da Champions League. Assim o presidente do Barça Joan Laporta aposta em Pep de volta até 2022.

Laporta frisou que Guardiola é fundamental para o projeto que o Barcelona possui para os próximos anos. Mas dois existem dois empecilhos para que o retorno ocorra. O primeiro é o treinador atual Ronald Koeman que tem contrato por mais uma temporada, e o segundo é o contrato de Pep com o clube inglês que tem duração até 2023.

Mas vamos entender melhor essa situação e saber se há alguma chance de o Guardiola retornar ao clube que o projetou

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

A situação e a história entre Barcelona e Guardiola

O Barcelona foi o clube que projetou Pep como treinador. Em 2009 Guardiola conquistou o mundo com o futebol do clube Merengue que tinha nomes como Messi, Iniesta, Xavi, Eto’o entre outros. Guardiola de fato revolucionou a forma de se escalar um time. Sendo muito responsável pelo futebol europeu como ele é jogado hoje em dia.

Além da Champions League 2008-2009, Guardiola também conquistou a temporada 2010-2011 da competição, os mundiais de clubes de 2009 e 2010. 3 Campeonatos Espanhóis (2008–09, 2009–10, 2010–11),  2 Copa do Rei (2008–09, 2011–12), 3 Supercopas da Espanha (2009, 2010, 2011). 

Por isso tudo, o Barcelona quer Guardiola de volta, com o treinador o clube viveu seu período mais vitorioso. O clube desde 2014 quando conquistou pela última vez a UEFA Champions League não tem feito boas campanhas na competição. Inclusive amargou uma derrota para o Bayern de Munich por 8 a 2 na temporada 2020-2021 nas quartas-de-final. E nesta temporada ainda nas oitavas foi novamente goleado por 4 a 1 para o PSG e acabou sendo eliminado.

Esses fatores podem ter sido fundamentais para a preferência do retorno de Guardiola ao comando do Barcelona. Assim sendo ele fundamental para o período mais vencedor do clube. Além de continuar conquistando títulos até hoje relevantes até hoje.

O Manchester City atual clube de Guardiola além de ter conquistado a Premier League, está na final da Champions, que será disputada neste sábado (29) contra o Chelsea. Com isso, Guardiola rompe uma seca de 10 anos sem uma final de Champions.

O desejo merengue e sua concretização

Para amenizar o impasse que comentamos no começo com relação aos contratos. A solução para a diretoria do Barcelona é esperar mais uma temporada, até que o contrato do seu atual treinador Koeman chegue ao fim. Para que assim o clube se livre de pagar uma multa de 8 milhões de Euros ao seu atual treinador. Além de pagar os encargos da rescisão de Guardiola com o City.

Laporta e Guardiola possuem uma boa relação e trabalharam juntos de 2008 a 2010, quando o mandatário deixou a presidência do clube. Segundo o “AS”, Laporta deve entrar em contato com a diretoria do City até domingo.

Portanto, vamos esperar para ver quais serão os próximos capítulos!

Xavi renova contrato com o Al-Sadd

Manchester City de Pep Guardiola mostra (mais uma vez) que não há mal nenhum em ser pragmático de vez em quando