Com lesão de Hudson, Fluminense desiste de emprestar prata da casa ao Botafogo

André Trindade tem contrato com o Tricolor das Laranjeiras até dezembro de 2024

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Lucas Merçon/ Fluminense

Alvo do Botafogo para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, André Trindade vai seguir no Fluminense. O Torcedores.com apurou que a diretoria tricolor desistiu de emprestá-lo ao rival após Hudson sofrer grave lesão no joelho direito.

Segundo informações obtidas pela reportagem, a previsão inicial é que Hudson volte aos gramados em seis meses. O veterano lesionou-se no empate contra a Portuguesa da Ilha, pela semifinal do Campeonato Carioca.

Por isso, a diretoria decidiu não correr riscos e manter André Trindade à disposição do técnico Roger Machado. Além do prata da casa, o treinador conta com Matheus Martinelli, Matheus Nascimento, Metinho, Wellington, Yago Felipe e Yuri como opções para a cabeça de área.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

A princípio, André Trindade seria cedido ao Botafogo até o fim da Série B do Campeonato Brasileiro. Além disso, o empréstimo seria sem custos. Ou seja, o clube da Estrela Solitária ficaria responsável somente pelos vencimentos do atleta.

Nos profissionais do Fluminense desde 2020, André Trindade tenta se firmar com Roger Machado. Recentemente, o jogador foi sondado pelo CRB. No entanto, os representantes do atleta decidiram procurar outra equipe para o atleta.

Por outro lado, o Botafogo intensificou a procura por peças para reforçar o meio de campo. O diretor executivo de futebol, Eduardo Freeland, vem encontrando dificuldades no mercado para conseguir um jogador que se encaixe na realidade financeira alvinegra.

A carreira de André Trindade

Nascido em Algodões, Bahia, André Trindade da Costa Neto ingressou nas divisões de base do Fluminense em 2017. Ele, inclusive, é integrante da geração que revelou Marcelo Pitaluga, Matheus Martinelli, Leandro Spadacio, Marcos Paulo, entre outros.

Em 2018, o volante conquistou o Campeonato Carioca Sub-17. Na ocasião, ele foi titular 26 das 27 partidas que disputou no torneio. Ou seja, desfalcou a equipe tricolor somente um jogo por causa do acúmulo de cartões amarelos. Nesse ínterim, totalizou 2.230 minutos em campo.

André estrou nos profissionais em 20 de setembro de 2020. Na ocasião, ele enfrentou o Atlético-GO pela Copa do Brasil, ainda com o técnico Odair Hellmann. Posteriormente, vestiu a camisa tricolor em 15 oportunidades, sendo quatro nesta temporada.

De acordo com o site alemão “Transfermarkt”, especialista em mercado da bola, os direitos econômicos do jogador estão avaliados em 250 mil euros (R$ 1,6 milhão, pela cotação atual). A multa rescisória está estipulada em 40 milhões de euros (R$ 269 milhões).

LEIA MAIS: 

Fluminense planeja enxugar elenco e busca interessados para emprestar goleiro 

Apontado como ‘novo’ Marcelo, revelação do Fluminense entra na mira da Real Sociedad 

Fluminense libera zagueiro para definir futuro; clubes da Série B do Brasileiro demonstram interesse 

Fluminense abre conversas pela renovação do goleiro Marcos Felipe