Douglas Costa revela diálogo com Guardiola que resultou em ida para o Bayern: “Mudou minha vida”

Treinador deixou claro que o atacante teria espaço no clube alemão

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação - Bayern de Munique

Em entrevista ao canal “Duda Garbi“, Douglas Costa revelou detalhes da sua transferência para o Bayern de Munique. Sendo assim, Pep Guardiola foi decisivo para o atacante assinar com o time alemão. Isso porque o treinador, mesmo contando com Robben e Ribery no elenco, garantiu que o brasileiro teria espaço e minutos em campo.

“Quando ele me ligou, me perguntou se eu estava preparado para aprender a jogar futebol. Falei assim: ‘Preparado eu estou, mas teu time é muito bom’. Tu olhava e era Robben em uma ponta e Ribéry na outra. Perguntei onde ele ia me encaixar. Ele falou: ‘Vem que tu vai jogar’.”, declarou.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Dessa forma, Douglas Costa classifica sua evolução na carreira ao trabalho de Guardiola. No Bayern de Munique, o atacante viveu ótimos momentos, mas acabou sendo atrapalhado por lesões e perdeu espaço na equipe. Em seu retorno, novamente, questões físicas impediram seu rendimento em alto nível. Agora, ele busca retomar seu bom futebol na volta ao Grêmio.

“Ele foi o ‘changer’ (transformador) da minha vida. Me botou num alto nível, mas me explicou. Não me largou num carro potente e dirige aí, entendeu? Ele me colocou numa situação para poder dirigir esse carro. E acabou que foi o ano que eu mais joguei. Fiz 12 ou 13 jogos e dei 13 assistências. Todo jogo eu fazia algo muito importante”, completou.

LEIA MAIS