Filipe Toledo e Tatiana Weston-Webb são campeões em Margaret River

Brasileiros conquistam grandes resultados na terceira etapa australiana

Thais May Carvalho
Colaborador do Torcedores

Crédito: Fotos: Matt Dunbar/World Surf League via Getty Images

Na noite de domingo (09) para segunda-feira, Filipe Toledo e Tatiana Weston-Webb se sagraram campeões nas ondas de Margaret River, na Austrália. O evento, que começou com ondas gigantes, cementou o domínio total dos brasileiros no tour da WSL em 2021.

FILIPE TOLEDO CAMPEÃO

No terceiro encontro em finais entre Filipe Toledo e Jordy Smith, o brasileiro mais uma vez levou a melhor contra o sul-africano. Em um confronto tenso e com notas altas, Filipinho conseguiu uma nota 9,00 e um 8,33, conquistando seu nono título no tour mundial, e seu primeiro em Margaret River. No entanto, para chegar até a última bateria do campeonato, Toledo precisou eliminar diversos compatriotas. No caminho até a final ele derrotou Miguel Pupo, Jadson André, Ítalo Ferreira e o também sul-africano Matthew McGillivray.

O último título de Filipe Toledo havia sido em 2019, no Brasil, justamente em um confronto contra Jordy Smith. Com os resultados dessa etapa, Filipe pulou para a terceira colocação do ranking, ficando atrás somente de Ítalo (2°) e Medina (1°), que venceram as duas etapas anteriores na Austrália.

TATIANA WESTON-WEBB CAMPEÃ

Depois de conseguir dois vice-campeonatos na etapa de Margaret River nos anos de 2018 (evento que terminou em Uluwatu) e 2019, Tatiana Weston-Webb finalmente se sagrou campeã da etapa. Para conquistar o título, Tati precisou vencer Sage Erickson, Tyler Wright, Bronte Macaulay e Stephanie Gilmore. Durante a competição, a brasileira teve dois dos três maiores somatórios entre as mulheres. Já na final contra Steph, ela conseguiu um 8,5 e um 7,73, enquanto a australiana somou 8,17 e 6,83.

Essa foi a segunda final consecutiva de Tatiana, que ficou em segundo lugar em North Narrabeen. Este também é o segundo título de sua carreira, sendo o primeiro defendendo a bandeira do Brasil. Em 2016, ela venceu o US Open, quando ainda representava o Havaí. Com o resultado, Weston-Webb passa a ser a segunda colocada no ranking mundial.

PRÓXIMA ETAPA

Agora os surfistas da WSL seguirão para Rottnest Island, ilha a uma hora da costa de Perth e novidade no tour. A etapa, que acontecerá entre 16 e 26 de maio, será a última da perna australiana.