Itamar Schülle não resiste a goleada e é demitido pelo Paysandu

Itamar Schülle deixa o clube após derrota para a Tuna Luso na final do Campeonato Paraense

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/ Paysandu

O Paysandu sofreu uma goleada por 4 a 2 para a Tuna Luso neste domingo e a derrota teve repercussões imediatas no clube. O presidente Maurício Ettinger anunciou a demissão do técnico Itamar Schülle após o primeiro jogo da final do Campeonato Paraense.

Poucas horas depois, o clube paraense anunciou a mudança de comando nos seus canais oficiais. Além do treinador, o auxiliar-técnico Lucas Isotton e o preparador físico Edson Belo também deixam de integrar a comissão técnica bicolor.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

O treinador estava à frente do Paysandu desde janeiro. A princípio, chegou credenciado ao clube após evitar o rebaixamento do Criciúma à Série D do Campeonato Brasileiro. Porém, ele viu o time ser eliminado pelo CRB da Copa do Brasil.

A situação dele ficou tensa, pois o treinador, não conseguiu dar um padrão tático ao time no Parazão. A goleada por 4 a 2 para o Remo ligou o sinal de alerta na Curuzu. Além disso, o empate em 0 a 0 com o Bragantino nas quartas de final também pesou na decisão.

Itamar Schülle deixa o Paysandu após 15 jogos. Nesse ínterim, foram oito vitórias, quatro empates e três derrotas. Ou seja, o aproveitamento foi de 62,2%. Agora, Wilton Bezerra, integrante da comissão técnica do clube, assume interinamente o time.

O jogo de volta da final do Parazão está marcado para o próximo domingo, dia 23, às 17h, na Curuzu. Para ser campeão no tempo normal, o Paysandu precisa vencer por três ou mais gols de diferença. Em caso de vitória bicolor por dois gols de diferença, a decisão vai para os pênaltis.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

A carreira de Itamar Schülle

Aos 56 anos, Itamar Schülle comandou 28 clubes ao longo da carreira. Foi técnico do Figueirense, Joinville, Criciúma, Chapecoense, Brasil de Pelotas, Cuiabá, Vila Nova, Botafogo-PB, ABC, Santa Cruz, entre outros.

Nesse ínterim, conquistou oito títulos regionais: Copa Verde (2019), Campeonato Mato-Grossense (2018 e 2019), Campeonato Potiguar (2017), Campeonato Paraibano (2017), Campeonato Paranaense (2015), Campeonato Catarinense 2ª divisão (2007) e a Copa da Federação Gaúcha (2013).

LEIA MAIS: 

Livre no mercado, ex-atacante de Corinthians, Santos e Vasco é oferecido ao Paysandu 

Alisson Farias no Botafogo? O que sabemos sobre o interesse do clube no atacante do Vitória 

Criado no Flamengo, lateral destaque da Portuguesa no Campeonato Carioca está na mira do Paysandu