Livre no mercado, Renato Gaúcho é alvo de torcedores do Corinthians após eliminação

Renato Gaúcho segue sem clube após deixar o Grêmio e virou alvo dos torcedores do Corinthians

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Lucas Uebel/Grêmio

O técnico Renato Gaúcho deixou o comando do Grêmio no mês passado e ainda não acertou com outro clube. Livre no mercado, o treinador virou alvo dos torcedores do Corinthians, que foi eliminado na primeira fase da Sul-Americana nesta quinta-feira (14).

Renato Gaúcho foi apontado como substituto ideal para o atual técnico Vagner Mancini. Isso porque o Timão foi eliminado da competição internacional após o time ser goelado por 4 a 0 pelo Peñarol, no Uruguai.

“Não é que volta à realidade (com a derrota). Foi um ponto fora da curva. Tivemos dificuldades na partida, não fizemos bom jogo, mas enfrentamos um time muito arrumado, organizado, que soube vencer. Méritos ao Peñarol. Esse Corinthians de hoje não está sendo o do Paulista e muito menos o de 2021. A equipe vem se recuperando. Tivemos jogos abaixo. Classifico hoje como acidente de percurso”, declarou Mancini em entrevista coletiva após a partida.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

A avaliação, no entanto, não convenceu muitos torcedores, que pedem sua saída e a contratação de Renato Gaúcho.

Confira a repercussão no Twitter:

Situação do técnico

Renato admitiu durante entrevista ao programa “Bem, Amigos” desta semana, no SporTV, que recebeu ofertas de outras equipes antes e depois de deixar o Grêmio.

“Tive propostas de Cingapura e Dubai, que eram valores muito altos, altíssimos. Tive proposta mais recentemente, antes de renovar meu contrato, do Atlético”, disse.

“Tive algumas conversas muito boas com o presidente do Santos. Ele tem ideias maravilhosas. Mas coloquei para ele que no momento, por isso saí do Grêmio também, queria descansar um pouco, curtir minha família e amigos. Não adiantava ter saído do Grêmio e pegar outro trabalho porque precisava de descanso. Estou descansando e é aquilo que falei: daqui a pouco vou voltar”, completou ele.

LEIA MAIS: