Mayara regressa aos gramados contra Napoli após afastamento

Após tratar a lesão no adutor e contrair Covid, a zagueira retornou aos gramados para auxiliar o Cruzeiro na vitória da última rodada e nas próximas etapas do Brasileirão Feminino.

Giselle Pessôa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Cruzeiro

A zagueira das Cabulosas Mayara dos Santos, 20, está afastada desde 2020 dos jogos do Cruzeiro por conta de uma fratura no adutor e enquanto se recuperava, a jogadora contraiu a Covid-19. Após tratar a doença, o vírus e a lesão, foi constatado pelo Departamento Médico que a jogadora tinha alterações em seus exames sangue e que ela estava com miocardite, isto a afastou dos gramados e das companheiras do Cabulosas por mais três meses.

Para tratar a miocardite, Mayara foi afastada por mais três meses

Para cuidar de sua saúde, a zagueira perdeu o restante do Campeonato Brasileiro 2020 e o Mineirão. No total, Mayara não pode participar de treinos nem jogos por cinco meses, pois era necessário realizar novos exames e acompanhar o progresso da doença.

Em entrevista, a jogadora disse que no começo foi difícil de assimilar o afastamento, mas que ela recebeu o apoio das companheiras de time e da comissão durante todo o tratamento, facilitando a recuperação. Entrando no período de transição, permitida pelo Departamento Médico, a zagueira do Cruzeiro ficou um mês fazendo exercícios cardiorrespiratórios e depois pôde voltar aos treinamentos físicos com o grupo.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

A reestreia ocorreu contra o Napoli pela oitava rodada do Brasileirão Feminino, com vitória para as Cabulosas por 3×0, gols de Capelinha, Mayara Vaz e Duda durante o primeiro tempo. O Cruzeiro está em décimo colocado com oito pontos e perto da zona de rebaixamento no Brasileirão Feminino.

“Um jogo após o outro e continuar subindo na tabela“, disse Mayara após a vitória, garantindo que as Cabulosas estarão trabalhando intensamente para o jogo e em busca dos três pontos contra a Ferroviária fora de casa que ocorre no próximo sábado, dia 22.

Classificação do Brasileirão Feminino 2021.

LEIA MAIS

Brasileirão Feminino: Cruzeiro domina seleção da 8ª rodada da competição

Brasileirão Feminino: quem são os maiores campeões da história?