Mercado da bola: 5 transferências mais lucrativas do futebol

Os 5 maiores lucros com transferências da história do mercado da bola.

Alexander Rodrigues
Colaborador do Torcedores

Crédito: David Ramos/Getty Images

Comprar por um bom preço e lucrar bem em uma venda é uma arte no mundo dos negócios, e o mercado da bola não foge a essa regra. Por isso, vamos listar os cinco maiores lucros com vendas de jogadores na história do futebol.

5º – EDEN HAZARD

O belga Eden Hazard foi contratado pelo Chelsea junto ao Lillie da França por 35 milhões de euros e vendido ao Real Madrid por 115 milhões, um lucro de 80M.

O ponta esquerda, que também pode jogar na meia, ficou de 2012 a 2019 em Stamford Bridge.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

4º – GARETH BALE

Mais um londrino lucrando na venda para os merengues. Dessa vez foi o Tottenham que comprou Gareth Bale do Southhampton por 14M e vendeu ao Real por 101M, um lucro de 86.3 milhões de euros.

O ponta galês atuou pelos Spurs por seis temporadas, de 2007 a 2013.

3º – OUSMANE DEMBÉLÉ

O Borussia Dortmund foi buscar Ousmane Dembélé no Rennes por 15M, aproveitou o jogador e o vendeu ao Barcelona por 130M, um belo lucro de 115 milhões de euros.

O francês, campeão do mundo com a França em 2018, passou apenas uma temporada defendendo o time da muralha amarela.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

2º – PHILIPPE COUTINHO

Comprado em baixa na Inter de Milão pelo Liverpool, Philippe Coutinho rendeu 132 milhões de euros ao clube inglês, já que foi adquirido por 13M e vendido ao Barcelona por 145M.

O brasileiro atuou por cinco temporadas nos Reds, de 2013 a 2018.

1º – NEYMAR

Polêmicas de transferência à parte, Neymar rendeu o maior lucro da história do futebol para o Barcelona, que o comprou do Santos por 88.2M e o vendeu ao Paris Saint Germain por 222M, ou seja, um ganho de 133.8 milhões de euros.

Neymar passou quatro temporadas no Barça, de 2013 a 2017.

Fonte: Transfermarkt

Leia mais:

Mercado da bola: transferências mais caras da década de 2000

Conheça os treinadores brasileiros campeões na Europa

Jogador do Arsenal revela problemas mentais e com bebida

F1: figura histórica morre aos 81 anos