Neto detona convocação da Seleção e diz que Vina, do Ceará, “joga mais que o Paquetá”

Apresentador da Band ainda cobrou a presença de Reinaldo, Gerson, Arana e Raphael Veiga. Depois, Neto pediu a demissão do técnico

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Reprodução

A convocação da seleção brasileira não foi bem aceita pelo apresentador Neto nesta sexta-feira (24). Após Tite anunciar os 24 jogadores convocados para as duas próximas rodadas da Eliminatórias para a Copa do Mundo, o ex-jogador criticou a presença de alguns nomes e cobrou a convocação de outros atletas.

Tite justifica convocação de Everton Ribeiro e revela “bom senso” por desfalcar times do Brasil

“Como pode convocar o Lucas Paquetá? A minha mãe joga mais que o Paquetá! O Vina do Ceará joga mais que ele”, opinou Neto. “Como pode convocar o Daniel Alves, que só tá de lateral há três jogos? Quantos gols tem o Gabriel Jesus no Manchester City? Não fez um gol na Copa do Mundo! E ele ainda chama o Everton Ribeiro num momento em que o cara não está jogando nada!”, começou Neto.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

O apresentador seguiu listando os “injustiçados” com Tite. “O Reinaldo, o Guilherme Arana, o Gerson, que o Real Madrid e o Barcelona querem, o Claudinho do Bragantino. O que o Raphael Veiga deve sentir com a bola que está jogando e não ser convocado? Você acha isso justo, Tite?”, questionou sobre a seleção brasileira.

Claudinho, Gerson e Guilherme Arana foram convocados para a seleção olímpica, mas isso não animou o apresentador. “Eu tenho medalha de prata e nem fico mostrando. Quero que se exploda a seleção olímpica. A medalha de ouro é importante para a natação, ginástica, tiro, vôlei e basquete. Não vale absolutamente nada pro futebol”, disse. “Queria poder falar um palavrão aqui para vocês, para o Tite, para o filho dele, que tá na comissão, para o Paquetá. Tite, você tinha que ser mandado embora hoje!”, completou Neto.

Assista ao comentário de Neto: