Neto sugere “Jesus Cristo” como treinador ideal para o Corinthians

Neto destacou que qualquer treinador gostaria de assumir o comando do Timão, e destacou que a culpa do atual momento do clube não é dos técnicos que passaram por lá

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Band

Depois de esbravejar contra a diretoria do Corinthians pela eliminação para o Palmeiras na semifinal do Campeonato Paulista durante a edição do programa ‘Os Donos da Bola’ nesta segunda-feira (17), o ex-jogador Neto voltou a ironizar o momento do clube Alvinegro, desta vez em seu canal no YouTube.

O apresentador corintiano aproveitou o quadro “Plantão do Craque Neto” para sugerir o treinador ideal para assumir o comando técnico do Corinthians neste momento. “Sabe quem tem que ser técnico do Corinthians? Jesus. Jesus Cristo. Desce Jesus, vai assumir o Corinthians, porque não dá. Não é o treinador. A culpa não é deles. A culpa é de quem dirige o Corinthians”, disparou.

“Se quem dirigisse o Corinthians tivesse a ideia do que é o Corinthians, qualquer treinador gostaria de dirigir o Corinthians. Hoje, qualquer um vai dirigir o Corinthians porque está desempregado, aquela coisa toda. O treinador certo para dirigir o Corinthians é Jesus”, completou Neto.

Marcos vê “vantagem” após vitória do Palmeiras na Neo Química Arena: “A gente se sente em casa”

Durante o ‘Os Donos da Bola’, Neto já havia questionado as opções de treinadores para o Corinthians. “Vem o Duílio, diz que o Vagner é o treinador dele? Já está começando com as mesmas visões dos antecessores. Vocês acham que o Carille vai dar jeito nisso aí? O Guardiola? O Klopp? O Tite vai aceitar o Corinthians? O Renato Gaúcho. Quem vai aceitar é o Luxemburgo, o Dorival?”, esbravejou.

“Vocês, administradores do Corinthians, conselheiros? É uma vergonha. Entregasse o jogo para o Novorizontino. Era para ser seis! Aí, sabe quem toma ‘cacete’? Eu, o Biro-Biro, os ídolos do Corinthians. Tem muita gente que acha que é palmeirense e que quer dar ‘uma de gostoso’. E nem ídolo é”, disparou o ídolo corintiano.

“Vai para a casa do cacete todo mundo do Corinthians. Antecessor, diretor, os conselheiros. Porque não posso falar palavrão na televisão. Minha vontade era estar com um revólver aqui. Vocês aprovaram conta, contrataram Jonathan Cafu. Não vou ‘dar pau’ em ninguém da molecada. Oh seu Duílio, você já está começando a mentir também? Falou que o Vagner Mancini ia ficar. Dá informação privilegiada para os outros”, acrescentou.

LEIA MAIS:
Andrés Sanchez fala sobre desavença com Neto: “O problema é que ele mexeu com a minha família”

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes