O que o Palmeiras precisa para ser campeão do Paulistão 2021?

Palmeiras tenta diminuir a vantagem para o rival Corinthians na lista de times com mais títulos da competição

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Cesar Greco/Ag.Palmeiras

Palmeiras e São Paulo ficaram no empate sem gols no Allianz Parque, nesta quinta-feira (20), em jogo válido pela primeira partida da final do Campeonato Paulista de 2021. Com o resultado a decisão ficou apenas para domingo, dia 23, quando as duas equipes voltam a se enfrentar, às 16h (de Brasília, no Morumbi, casa do Tricolor, que fechou a primeira fase com a melhor campanha e ganhou o direito de disputar título em casa.

Com o resultado do primeiro jogo, o Palmeiras precisa de uma vitória simples para ficar com o bicampeonato do Paulistão. Em caso de novo empate, independente do placar, a decisão do campeonato será na disputa de pênaltis.

Se for campeão, o Verdão irá faturar seu 24º título da competição, abrindo ainda mais vantagem para Santos e São Paulo, com 22 e 21 títulos cada, respectivamente. O Corinthians é o maior campeão estadual com 30 taças.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Além do título, a equipe comandada por Abel Ferreira pode embolsar um montante de até R$ 7,5 milhões em premiações em caso de conquista – são R$ 3,5 milhões da Federação Paulista de Futebol (FPF) e R$ 4 milhões da patrocinadora Crefisa.

Primeiro jogo truncado:

Em entrevista coletiva após a primeira partida, o português João Martins, auxiliar do técnico Abel Ferreira, minimizou a partida truncada entre as duas equipes. “Finais são assim, se ganha no detalhe. O São Paulo também trabalhou o jogo na parte estratégica, impediu os pontos fortes, e foi o que nós fizemos. Anulamos um ao outro. Mas finais, onde o erro e o detalhe contam muito, são assim.”

“Foi justo [o resultado]. Tivemos boas oportunidades para vencer. Essa parte de não termos espaços, não tivemos porque o adversário também não teve. Sabíamos que seria um jogo assim, tanto pela característica do adversário, quanto pela nossa. A entrada do Danilo (Barbosa) e do Scarpa foi para refrescar, arriscar um pouquinho a mais, continuar com o ritmo e com a qualidade”, completou.

LEIA MAIS:
Felipe Melo minimiza ‘rusgas’ com dirigente do São Paulo e exalta ‘futebol raiz’: “Sou do tempo do Edmundo”
 Palmeiras e São Paulo fazem jogo truncado, sem muitas emoções e empatam sem gols na final do Paulistão

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes