Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Clube turco faz sondagem por Renê e Flamengo põe preço para vender o lateral

Renê tem contrato com o rubro-negro até dezembro de 2022

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Alexandre Vidal/ Flamengo

O lateral-esquerdo Renê é considerado um reserva de luxo no Flamengo. Contratado em 2017, o jogador perdeu a condição de titular após a contratação de Filipe Luís. Por isso, ele está na mira de alguns clubes e pode se transferir na próxima janela de transferências.

O Torcedores.com apurou que Renê recebeu uma sondagem do Trabzonspor, da Turquia. Pessoas ligadas a Renê confirmaram que há sim uma procura pelo atleta, mas ainda sem proposta oficial para ele e para o Flamengo.

Ainda segundo informações obtidas pela reportagem, o clube turco prepara uma oferta de 2 milhões de euros (R$ 12,2 milhões, pela cotação atual) para adquirir 50% dos direitos econômicos do lateral.

O Flamengo, por sua vez, se reuniu com os representantes do atleta para definir um valor de venda caso chegue alguma oferta do exterior nos próximos dias. Dessa forma, os turcos terão de desembolsar 4 milhões de euros (R$ 24,4 milhões).

Além disso, o clube manteria 15% dos direitos econômicos do atleta visando uma negociação futura. Por outro lado, à empresa MP Eventos é dona de 25% do passe do lateral-esquerdo de 28 anos.

A diretoria não comenta negociações em andamento, mas não deve criar obstáculos para que a transação saia. Renê recebeu uma proposta do Cuiabá para disputar o Brasileirão. Mas, a oferta foi recusada após o Dourado tentar o empréstimo do atleta até o fim de 2021.

Vale lembrar que o Trabzonspor está monitorando o mercado brasileiro em busca de um lateral-esquerdo. Recentemente, o clube turco tentou a contratação de Reinaldo, do São Paulo. Mas o Tricolor do Morumbi rechaçou negociar um de seus principais jogadores.

A carreira de Renê

Nascido em Picos, Piauí, Renê Rodrigues Martins foi revelado pelo Sport. Entre 2012 e 2016, ele disputou 204 partidas e marcou sete gols. Nesse ínterim, venceu a Copa do Nordeste (2014) e o Campeonato Pernambucano (2014).

Em 2017, o Flamengo pagou R$ 3,2 milhões para adquirir 50% dos direitos econômicos do defensor. Ele, inclusive, desembarcou no clube no ‘pacotão’ que também incluía o lateral-esquerdo Miguel Trauco, o volante Rômulo, o meia Darío Conca e o atacante Orlando Berrío.

Com a camisa rubro-negra, Renê fez 117 jogos e anotou cinco gols. Além disso, integrou o elenco que venceu a Recopa Sul-Americana (2020), a Copa Libertadores da América (2019), o Campeonato Brasileiro (2019 e 2020), a Supercopa do Brasil (2020 e 2021) e o Campeonato Carioca (2017, 2019, 2020 e 2021).

LEIA MAIS: 

Clube português faz sondagem por zagueiro do Fortaleza 

Sporting faz proposta por João Mário; Internazionale resiste a vender por valor muito baixo 

Everton procura volante no mercado e avalia contratar luso-brasileiro do Sporting