Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Após confusão e afastamento de Caboclo, atletas da Seleção decidem jogar a Copa América

Copa América começa no domingo e acontece no Brasil em meio à pandemia da Covid-19. Informação é divulgada pelo ge após o afastamento do presidente da CBF

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

A Copa América 2020 (adiada para 2021) acontecerá. Os jogadores da seleção brasileira decidiram por seguir com a competição, mesmo após críticas e confusão nos últimos dias. De acordo com o ge, os atletas devem divulgar um comunicado confirmando a presença no torneio, ao lado de críticas à CBF e a à Conmebol.


VEJA TAMBÉM:

+ Em meio à crise na CBF, Rogério Caboclo é afastado da presidência após acusação de assédio

+ Podendo ser demitido, Tite conversa com 4 jogadores em treino e esboça mudanças em escalação


Desde o início da confusão, os atletas estavam incomodados com a postura do presidente Rogério Caboclo. A decisão pela disputa da Copa América no Brasil foi pego de surpresa pelo elenco, que se irritou definitivamente com o dirigente, que já tinha tentado demitir um auxiliar de Tite em 2021.

Porém, Caboclo foi afastado do comando da CBF por 30 dias após ser acusado de assédio sexual com uma funcionária pessoal. Com a saída do presidente, o elenco se sentiu satisfeito, embora a nota oficial que deve ser divulgada na terça-feira indique críticas à realização da Copa América no Brasil.

O técnico Tite e os jogadores da seleção brasileira, liderados pelo capitão Casemiro na última partida, prometeram se manifestar após o jogo contra o Paraguai, nesta terça-feira. O confronto acontecerá às 21h30 (no horário de Brasília), pela sexta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo.